Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Artigos
  3. Domótica em reformas: é possível tornar inteligente um projeto construído?

Domótica em reformas: é possível tornar inteligente um projeto construído?

Domótica em reformas: é possível tornar inteligente um projeto construído?
Domótica em reformas: é possível tornar inteligente um projeto construído?, © Qingshan Wu
© Qingshan Wu

Embora a capacidade de instalar de forma prática a domótica (automação residencial) de forma prática esteja associada a novos projetos, é possível adaptar um trabalho já construído de maneira relativamente simples. Em pequenas e grandes reformas, esses sistemas podem oferecer uma nova operação automatizada que atenda aos requisitos e necessidades de seus usuários, melhorando a habitabilidade e o conforto de seus espaços, aumentando sua segurança e promovendo economia a longo prazo de dinheiro e energia. Nesse sentido, que considerações devem ser feitas para tornar um projeto de arquitetura "inteligente"?

© Eric Laignel © Zooey Brown © Adrià Goula 'Aquatio Cave Luxury Hotel & SPA' por Simone Micheli, remodelado por AVE. Image © Juergen Eheim + 14

Para começar, é necessário entender que para incorporar um sistema de automação, uma rede de comunicação é essencial; existem no mercado mídias com e sem fio, que podem ser controladas por dentro e fora do prédio.

Casa do Futuro Baitasi / dot Architects

© Qingshan Wu
© Qingshan Wu

Sistemas sem fio, entre os quais encontramos WiFi e Z-Wave (uma rede em malha que utiliza ondas de rádio de baixa energia), dependem da tecnologia disponível no momento, ou seja, se houver outro protocolo de sinal no futuro, você não pode garantir totalmente que as novas tecnologias sejam compatíveis com os dispositivos instalados. Você deve se lembrar que os edifícios serão usados por muitos anos e não mudarão tão rápido quanto os avanços tecnológicos.

Residencia Leavitt / Miller Hull Partnership

© Marty Peters
© Marty Peters

No entanto, em geral, os sistemas sem fio em automação residencial têm bom desempenho quando a cobertura de sinal permite isso, e sua instalação é rápida e sem muitas complicações. Neste sentido, quando se trata de reformas, especialmente de edifícios antigos, é necessário rever as características materiais do edifício - por exemplo, uma alta presença de ferro ou paredes muito espessas -, uma vez que podem surgir latências ou interferências.

RS29 / Ecker Architekten

© Zooey Brown
© Zooey Brown

Para evitar interrupções no sistema, em novas obras ou reformas, você pode usar um sistema de fiação conhecido como Cable BUS. Ele estabelece a conexão entre os diferentes interruptores, termostatos, controle de cortinas ou persianas e outros elementos que são necessários para controlar com automação residencial. E melhor ainda: eles não implicam um custo ou complicação maior.

© Zooey Brown
© Zooey Brown

Remodelação do Edifício de Escritórios Fortius México / ERREqERRE Arquitectura y Urbanismo

© Onnis Luque
© Onnis Luque

Esse tipo de cabo transfere as informações das funções a serem automatizadas e deve estar em um duto independente da corrente de 220V. Portanto, em uma obra construída, é viável fazê-lo sempre e quando se está disposto a intervir para localizar o cabo.

Reciclaje Casa Dagorret / Bauer Arquitectos

'Reciclaje Casa Dagorret' por Bauer Arquitectos, remodelado por AVE. Image © Alvaro Manríquez
'Reciclaje Casa Dagorret' por Bauer Arquitectos, remodelado por AVE. Image © Alvaro Manríquez

Então, por onde é recomendável começar com essa transformação em uma remodelação? Para o controle de iluminação? Por ventilação ou ar condicionado? Se nos guiarmos pelo princípio da economia de energia, é aconselhável começar com iluminação e ar condicionado, uma vez que representará o maior retorno do investimento. Em seguida, é incluído, opcionalmente e escalonável, o controle das cortinas ou persianas elétricas, o sistema de som ambiente, e outros sistemas, como os de segurança.

'Reciclaje Casa Dagorret' por Bauer Arquitectos, remodelado por AVE. Image © Alvaro Manríquez
'Reciclaje Casa Dagorret' por Bauer Arquitectos, remodelado por AVE. Image © Alvaro Manríquez

Reforma Interior TS01 / Alventosa Morell Arquitectes

© Adrià Goula
© Adrià Goula

Então, quão acessível é implementar e especificar a domótica em nossos projetos de reforma? É um procedimento longo ou caro?

Podemos, por exemplo, começar em etapas, controlando apenas alguns setores e aumentar seu raio de ação para alcançar o todo da casa. Isso também pode servir para verificar o sistema e as suas vantagens. Tudo depende do usuário, suas necessidades e orçamento. A chave: pensar hoje o que quero controlar amanhã, e assim prever a incorporação de dutos que permitirão instalar os cabos no futuro.

© Adrià Goula
© Adrià Goula

Estudio COOKFOX / COOKFOX Architects

© Eric Laignel
© Eric Laignel
© Eric Laignel
© Eric Laignel

Aquatio Cave Luxury Hotel & SPA' / Simone Micheli

'Aquatio Cave Luxury Hotel & SPA' por Simone Micheli, remodelado por AVE. Image © Juergen Eheim
'Aquatio Cave Luxury Hotel & SPA' por Simone Micheli, remodelado por AVE. Image © Juergen Eheim

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Dejtiar, Fabian. "Domótica em reformas: é possível tornar inteligente um projeto construído?" [Domótica en remodelaciones: ¿es posible transformar un proyecto construido en un edificio 'inteligente'?] 08 Mar 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/912874/domotica-em-reformas-e-possivel-tornar-inteligente-um-projeto-construido> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.