Ampliar imagem | Tamanho original
Esta reforma está destinada a transformar um salão de usos múltiplos em um lugar de celebração com identidade urbana e funcionalidade melhorada para todas as necessidades. Escondido sob The Juilliard School, a base opaca do edifício de Pietro Belluschi é arrancada para revelar a casca exterior do salão. A parte inferior inclinada da expansão da Juilliard serve como um dossel que emoldura o salão, o lobby ampliado e as bilheterias, enquanto uma fachada de vidro exibe a grande sala. O forro de moabi africano é adaptado em torno de todas as características existentes no salão e novos elementos programáticos para eliminar o ruído visual e a iluminação emerge da pele da madeira, da mesma forma que um organismo marinho bioluminescente emana um brilho interno. Uma porcentagem do forro de madeira é construída de painéis translúcidos de resina moldados sob medida, revestidos em verniz para combinar perfeitamente com a madeira. Como o levantamento de um candelabro ou a separação de uma cortina que sinaliza o início da performance, um silêncio "cairá" nos segundos de transição da distração para a atenção quando as paredes se tornarem as primeiras intérpretes. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar