Casa C.A. / Pablo Gagliardo, María Eugenia Díaz

Casa C.A. / Pablo Gagliardo, María Eugenia Díaz

© Ramiro Sosa© Ramiro Sosa© Ramiro Sosa© Ramiro Sosa+ 27

Rosario, Argentina
  • Colaboradores:Marcelo Díaz Romero, Lucía Galfione, Sebastián Larpin
  • Cálculo Estrutural:Sergio Faci, Federico Zegna Rata
  • Cidade:Rosario
  • País:Argentina
Mais informaçõesMenos informações
© Ramiro Sosa
© Ramiro Sosa

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto refere-se a uma residência unifamiliar localizada em Fisherton, um bairro principalmente residencial a poucos quilômetros do centro da cidade de Rosario, Argentina. O terreno, um lote de 20 por 60 metros em uma trama regular, tem a particularidade de ser o final de uma passagem. Além disso, se encontra entre dois lotes com alguns elementos fortes que condicionaram a implantação da residência: a leste, uma empena edificada constrói um limite rígido e a oeste um jardim com abundância de árvores gera uma divisão mal delimitada com a vegetação. O projeto foi pensado de modo a aproveitar esta situação, ligando-se à medianeira construída e respeitando uma grande árvore existente, abrindo os ambientes para o interior do terreno e integrando-os com a vegetação.

© Ramiro Sosa
© Ramiro Sosa
Plantas
Plantas
© Ramiro Sosa
© Ramiro Sosa

A frente da residência, orientada para o sul, é mais fechada e privada, enquanto o programa se abre ao interior do terreno, orientando para o norte todas as áreas sociais e regulando a privacidade dos espaços habitáveis. O uso do concreto na estrutura permite gerar superfícies envidraçadas contínuas, o que dilui os limites e integra totalmente o jardim com o interior, além dos ambientes entre si, dando a sensação de um espaço único. Como fechamento da entrada foi utilizada uma malha pop, que é a alma do concreto armado e que, com o tempo, será coberta de vegetação, simulando um processo natural da concretagem.

© Ramiro Sosa
© Ramiro Sosa

O programa se organiza em dois volumes com características diferentes, conectados entre si através da entrada e de um hall de pé direito duplo que distribui as diversas áreas da residência. O volume apoiado sobre a parte leste é uma placa de grande tensão longitudinal, organizada em dois pavimentos, que contém as funções diárias do programa: salas de estar e jantar, cozinha e suíte principal no térreo, além dos dormitórios dos filhos no pavimento superior. Essa placa se abre ao norte e vai se desmaterializando, primeiro como uma galeria e logo, com uma outra parte com pé direito duplo, que comunica todos os pavimentos, até chegar no solarium e o fundo do terreno.

© Ramiro Sosa
© Ramiro Sosa
Elevações e Cortes
Elevações e Cortes
© Ramiro Sosa
© Ramiro Sosa

Os espaços de armazenamento foram propostos sobre a empena constituída, de modo a liberar os espaços internos e dar maior flexibilidade aos mesmos. O segundo volume abriga as funções sociais da residência: uma sala que combina estar e jantar com um pé direito de uma vez e meia, que possui três faces completamente envidraçadas e uma cobertura inclinada de concreto com um grande apoio ao sul que se dobra e termina como piso para o estacionamento de automóveis. Esta inclinação ajuda a água da chuva a escorrer sobre a parede de concreto, e, com o passar do tempo, irá gerar um efeito verde sobre essa parede, harmonizando com toda a vegetação existente.

© Ramiro Sosa
© Ramiro Sosa

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa C.A. / Pablo Gagliardo, María Eugenia Díaz" [Casa C.A. / Pablo Gagliardo, María Eugenia Díaz] 31 Jan 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/910261/casa-ca-pablo-gagliardo-maria-eugenia-diaz> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.