Ampliar imagem | Tamanho original
A impressão 3D em si não é mais uma tecnologia nova, mas isso não impediu que pesquisadores e inovadores de todo o mundo criassem novos aplicativos e oportunidades. Alguns experimentos com novos materiais foram conduzidos por preocupações de sustentabilidade e outros são simplesmente o resultado de imaginação e criatividade. Outros optaram por investir seu tempo utilizando materiais mais tradicionais de novas maneiras. Materiais, no entanto, são apenas o começo. Os pesquisadores desenvolveram novos processos que permitem a criação de objetos que anteriormente eram impossíveis de imprimir e, em uma escala maior, novas tipologias de edifícios estão sendo testadas - incluindo um habitat para o planeta Marte! Novos Materiais Papel Reciclado Embora a tecnologia de impressão 3D tenha evoluído continuamente nos últimos anos, atingindo novas escalas, setores e materiais, as preocupações com a sustentabilidade permanecem. A impressão 3D pode eliminar alguns resíduos dos processos de fabricação tradicionais, bem como aumentar a eficiência, mas o problema continua sendo que a maioria do material de impressão usado ainda é de plástico. O designer Beer Holthuis estava determinado a inventar um material mais sustentável para impressão 3D e desenvolveu um método usando fibras de papel úmido. A Impressora de Celulose é a primeira impressora 3D do mundo a usar polpa de papel em vez de plásticos ou plásticos híbridos. Ao contrário do papel comum, o papel impresso é forte e durável. Os humanos produzem uma enorme quantidade de resíduos de papel, por isso é um material amplamente disponível. Combinado com um agente aglutinante natural, o sistema de circuito fechado significa que os produtos também podem ser continuamente reciclados. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar