Ampliar imagem | Tamanho original
Como consequência do terremoto do Chile de 27 de fevereiro de 2010, 50% dos templos católicos do país foram prejudicados e a maioria dos templos das Regiões VI, VII e VIII foram destruídos. Aproximadamente um milhão de fiéis não puderam realizar congregações comunitárias em sua forma habitual. Com a perda do templo, a comunidade de Talcahuano realizou suas missas, batizados e funerais na rua ou na praça. Nesse contexto, e diante dessa realidade, recebemos o convite do padre paroquial de Talcahuano, Padre Miguel Almeida, para desenvolver um projeto de arquitetura para que tentasse coletar os fundos necessários para levantar o novo templo. Para os habitantes desse bairro, devastado pelo terremoto e posterior maremoto, o templo era uma de suas primeiras urgências. Como realizar esse sonho de levantar uma nova igreja, cumprindo com todos os espaços necessários fundados no ato da congregação e acolher a comunidade com um grande desejo mas sem recursos? A primeira ideia, fundamento e resposta foi trabalhar com os materiais aparentes. O uso do concreto aparente nos permitia, por um lado, resolver a questão sísmica e, por outro, acolher os atos próprios desse tipo de programa. Propusemos um simples retângulo com um envoltório de homogeneidade, um cubo de luz com um interior inteiramente branco para sentir o recolhimento necessário. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar