Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Universidade
  4. Rússia
  5. Herzog & de Meuron
  6. 2018
  7. Instituto Skolkovo de Ciência e Tecnologia / Herzog & de Meuron

Instituto Skolkovo de Ciência e Tecnologia / Herzog & de Meuron

  • 17:00 - 26 Novembro, 2018
  • Curadoria de María Francisca González
  • Traduzido por Vinicius Libardoni
Instituto Skolkovo de Ciência e Tecnologia / Herzog & de Meuron
Instituto Skolkovo de Ciência e Tecnologia / Herzog & de Meuron, © Iwan Baan
© Iwan Baan

© Iwan Baan © Iwan Baan © Iwan Baan © Iwan Baan + 12

  • Arquitetos

  • Localização

    Ulitsa Nobelya, 3, Moscou Oblast, Rússia
  • Sócios

    Jacques Herzog, Pierre de Meuron, Stefan Marbach (Sócio responsável)
  • Associados, diretores de projeto

    Tomislav Dushanov, Tobias Winkelmann
  • Associado, gerente de projeto

    Olga Bolshanina
  • Gerente de projeto

    Ilia Tsachev
  • Cliente

    LLC UDPC Skolkovo, Moscou, Rússia
  • Área

    133979.0 m2
  • Ano do projeto

    2018
  • Fotografias

  • Representante do cliente

    Alexey Savchenko
  • Equipe de projeto

    Alexandria Algard, Florian Becker, Marcelo Bernardi, Mathieu Bujnowskyj, Ignacio Cabezas, Delphine Camus, Sergio Cobos Alvarez, Blazej Piotr Czuba, Inga Federe, Diogo Figueiredo, Argel Padilla Figueroa, Stefan Goeddertz (Associate), Beatriz Pérez Pérez de Iriarte, Volker Jacob, Artem Kitaev, Petr Khraptovich, Osma Lindroos, Frank Loer, Maria Vega Lopez, Udayan Mazumdar, David Goncalves Monteiro, Martina Palocci, Svetlin Peev, Pedro Polónia, Martin Raub, Mònica Ors Romagosa, Elias Sanez, Harald Schmidt, Leonid Slonimskiy, Jan Skuratowski, Alexander Stern, Ida Sze, Raha Talebi, Miruna Tutoveanu, Toru Wada, Liang Wang, Jean-Paul Willemse, Zeng Zhibin,Farhad Ahmad (Visualisations), Massimo Corradi (Digital Technologies), Vasilis Kalisperakis (Visualisations), Christina Liao (Digital Technologies), Áron Lőrincz (Visualisations), Raúl Torres Martín (Visualisations), Bruno de Ameida Martins (Visualisations), Felipe Pecegueiro (Digital Technologies), Kai Strehlke (Digital Technologies)
  • Consultoria de projeto

    Herzog & de Meuron
  • Projeto executivo

    Ove Arup & Partners International
  • Projetistas

    Ove Arup & Partners International
  • Paisagismo

    Vogt Landschaftsarchitekten
  • Mais informações Menos informações
© Iwan Baan
© Iwan Baan

Master Plan

O Instituto Skolkovo é a mais nova iniciativa do governo russo para uma recente área urbanizada no terceiro anel viário concêntrico de Moscou, 17 km à oeste do centro histórico da cidade. Construído em meio ao nada, o principal objetivo do centro de inovação de Skolkovo é criar uma nova centralidade na região, uma referência internacional nos campos da tecnologia e inovação, abrangendo desde a pesquisa à produção. O Instituto de Ciencia e Tecnologia abrigará a sede administrativa de uma grande variedade de empresas do ramo além de centros de ensino, institutos e uma instituição de ensino superior. A Universidade Skoltech, como será conhecida, foi fundada paralelamente ao projeto do Instituto com o objetivo de estabelecer um novo centro tecnológico de referência em ensino e pesquisa na cidade de Moscou, na Rússia e em um contexto mais amplo.

© Iwan Baan
© Iwan Baan

O masterplan de Skolkovo foi concebido para abrigar uma ampla gama de atividades cívicas - habitação, educação, trabalho, turismo, comércio e lazer. Ao contrário da maioria das cidades-satélite criadas durante a existência da União Soviética, Skolkovo foi pensada para tornar-se uma nova centralidade dentro do sistema radial da capital, integrada à rede de infraestrutura existente e oferencendo um novo e vibrante cenário cultural na paisagem e na vida urbana de Moscou.

© Iwan Baan
© Iwan Baan

O esquema geral deste novo distrito de inovação desenvolve-se em torno de cinco elementos independentes, como ilhas urbanas inseridas em meio à esta paisagem pitoresca. Cada uma destas cinco micro-centralidades possuirá uma forma única e exclusiva, abrigando um mix de programas específicos segundo o projeto de diferentes arquitetos, reforçando assim, as características individuais de cada centro.

© Iwan Baan
© Iwan Baan

Herzog & de Meuron concebeu o projeto conceitual do Distrito de número 3, com a universidade como seu elemento referência. Composta por três elementos formais dentro de um círculo perfeito - o Anel Leste, a Ágora e o Anel do Oeste - a recém criada Universidade Skoltech é percebida como um núcleo, o elemento central do Distrito 3, a pedra fundamental de Skolkovo.

© Iwan Baan
© Iwan Baan

Programa e tipologia

O Anel Leste da Universidade possui uma organização formal bastante simples, uma sobreposição de alas circulares e blocos retangulares sobrepostos, estruturas as quais refletem diretamente os diferentes conteúdos programáticos que abrigam.

© Iwan Baan
© Iwan Baan

O edifício está conformado por um anel externo de 280 metros de diâmetro, o qual contém dois anéis internos menores que abrigam todas as instalações da universidade e uma rede de espaços públicos compartilhados. As alas curvas são responsáveis por conectar todos os espaços através de um percurso circular contínuo. O anel exterior abriga as salas dos professores, os espaços administrativos e as salas de reuniões, enquanto os anéis menores acolhem as salas de aula propriamente ditas, assim como o auditório principal, o elemento central do conjunto. 

© Iwan Baan
© Iwan Baan

Por outro lado, uma grade modular de blocos retangulares encontra-se sobreposta a estes elementos curvilíneos, abrigando os laboratórios e oficinas que acolhem às atividades de pesquisa dentro da universidade. Esta malha ortogonal foi implantada de forma a otimizar a iluminação natural, situando os blocos em uma orientação leste-oeste. As estruturas que abrigam os laboratórios foram concebidas segundo uma modulação de 7 por 7 metros, com larguras totais de 21 ou 28 metros e  comprimentos variados segundo a necessidade de cada programa. Estes elementos ortogonais e repetitivos oferecem simplicidade e eficiência na organização dos layouts além de grande flexibilidade e adaptabilidade necessárias para atividades deste tipo. Os demais programas e instalações, centros de pesquisa, armazenamento, logística e áreas técnicas foram implantadas no subsolo, uma grande área contínua sob a projeção do edifício. Esta sobreposição de elementos programáticos permitiu criar uma plataforma física e conceitualmente integrada para todos os departamentos e instalações da Universidade.

© Iwan Baan
© Iwan Baan

A sobreposição destes blocos e alas e as interações criadas entre eles, proporcionam um espaço arquitetônico surpreendente. Os três anéis concêntricos pautam a organização dos demais elementos ortogonais, atravessando cada um destes blocos de forma a integrar sua arquitetura em uma estrutura única e distinta. Finalmente esta estrutura se expande para o exterior, moldando também o bulevar que o cerca e configurando uma rede de espaços públicos que permeiam o interior do edifício. A pesar de sua aparência monolítica, o edifício é completamente permeável no nível da rua e todos os seus pátios encontram-se abertos e acessíveis ao público. O maior deles - o Pátio Central - é visível à partir de cada um dos anéis e também da maioria dos blocos, configurando-se como o principal local de encontro e relaxamento. Estes pátios foram concebidos com tamanhos diferentes e encontram-se conectados por uma série de percursos e passagens igualmente variadas, acompanhando os volumes circulares ou atravessando os blocos ortogonais, oferecendo uma infinita gama de caminhos e conexões através do edifício da Universidade. O projeto de paisagismo, que preenche cada um dos pátios e define o contexto ao redor do edifício, foi concebido como um elemento transitório dentro da experiência da Skoltech, integrando a paisagem da Universidade às florestas ao redor de Moscou.

© Iwan Baan
© Iwan Baan

Materialidade

Cada uma das estruturas que compõe o edifício da Universidade Skoltech foram revestidas com brises solares que protegem as fachadas e filtram a luz do sol, unificando este conjunto complexo de formas sob uma mesma materialidade, proporcionando um jogo de luz e sombra além de profundidade à fachada principal. Diferentes acabamentos foram utilizados para distinguir as alas dos blocos, tanto no interior quanto no exterior. Os elementos curvos possuem pisos e paredes em madeira de carvalho e brises de madeira no exterior, enquanto os blocos foram construídos com sistemas industriais, alumínio e pisos vinílicos além de brises de alumínio branco do lado de fora. O perímetro deste edifício circular è marcado por um longo banco de concreto aparente que circunda todo o térreo. Sua forma única e introvertida fazem com que o edifício da Universidade se destaque entre os outros elementos do masterplan, permanece entretanto, totalmente integrado ao seu entorno.

© Iwan Baan
© Iwan Baan

As suas muitas aberturas, a ampla permeabilidade visual entre interior e exterior, a série de pátios públicos e acessíveis além dos materiais utilizados fazem com que o edifício da Universidade Skoltech seja ao mesmo tempo permeável, monumental e integrada ao seu contexto.

© Iwan Baan
© Iwan Baan

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Instituto Skolkovo de Ciência e Tecnologia / Herzog & de Meuron" [Skolkovo Institute of Science and Technology / Herzog & de Meuron] 26 Nov 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/906481/instituto-skolkovo-de-ciencia-e-tecnologia-herzog-and-de-meuron> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.