Fazenda Campos Gerais / Tavares Duayer Arquitetura

Fazenda Campos Gerais / Tavares Duayer Arquitetura

© João Duayer© João Duayer© João Duayer© João Duayer+ 19

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  116
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fotógrafo Fotografias:  João Duayer
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Eliane, Suvinil
© João Duayer
© João Duayer

Descrição enviada pela equipe de projeto. O desejo dos clientes era finalizar a casa que se encontrava abandonada por falta de recursos. Localizada em Campos Gerais, região cafeeira de Minas Gerais, a residência precisou ser pensada a partir de paredes e telhados já construídos. O partido arquitetônico narrado por eles era claro: “casa de fazenda branca com janelas azuis, e mesa grande para receber amigos e família”. A partir dessas premissas, a ideia foi valorizar a cultura local, sobretudo através de seus mobiliários, artesanato e acessórios.

© João Duayer
© João Duayer

Questões estéticas e funcionais da tradicional “casa de fazenda” implicaram em ajustes e ampliações do espaço pré-concebido. O fogão à lenha foi posicionado anexo à cozinha, para evitar contaminação da fumaça em outros ambientes da casa. Adaptamos o telhado existente para criar a varanda frontal da entrada. Além de proteger do sol e da chuva, a proporção da varanda, bem como a diferença dos telhados, são capazes de atribuir singularidade e atributos estéticos da linguagem mineira. Os pilares em madeira descarregam o peso sobre bases de concreto, evitando contato com a humidade do solo. Inspirados nas fazendas coloniais, a primeira fila de telhas do telhado mais baixo foi pintada de branco - detalhe que imprimiu delicadeza ao projeto.

Planta
Planta

Para melhorar a iluminação diurna, janelas foram substituídas por portas, e todos os vãos receberam folhas de madeira externas que funcionam como blackout. Nas áreas comuns, utilizamos pé direito alto com telhado aparente. Telhas translúcidas, feitas a partir de garrafa pet, foram distribuídas pelos ambientes, garantido iluminação natural durante todo o dia.

© João Duayer
© João Duayer

Sala, cozinha e fogão a lenha se comunicam através de grandes vãos. Na cozinha – o coração da casa mineira -  mesa para toda a família e ilha de apoio para auxiliar no preparo dos alimentos. Nas paredes, louças e panelas foram organizadas para facilitar o manuseio. De maneira geral, todos os itens expostos contribuem para o “decor mineiro”. São peças tradicionais que de fato são utilizadas no dia a dia.
O terreno também possuía estábulos, que receberam a mesma linguagem da casa principal, e uma plantação de flores, que foi reorganizada.

© João Duayer
© João Duayer

Durante a primeira visita ao local da obra, encontramos diversos objetos armazenados em caixotes, referentes ao manejo do café e à criação de gado e cavalo. Além deles, inúmeros acessórios foram garimpados in loco. Mobiliários foram trazidos por fornecedores e fabricantes da região, e alguns deles, feitos sob medida.

© João Duayer
© João Duayer

Dessa forma, percebe-se que a imersão na cultura local contribuiu significativamente para a criação da atmosfera de fazenda mineira. Junto a isso, foram somadas decisões projetuais simples e de baixo custo, reforçando nossa prática de adequar projetos a pouco investimento, preservando as qualidades estético-funcionais.

© João Duayer
© João Duayer

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Fazenda Campos Gerais / Tavares Duayer Arquitetura" 10 Out 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/903500/fazenda-campos-gerais-tavares-duayer-arquitetura> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.