Ampliar imagem | Tamanho original
Somam 39 as vítimas fatais do colapso da ponte Morandi, em Gênova, na Itália. O incidente aconteceu na terça-feira, 14 de agosto, quando um dos componentes estruturais da ponte, uma torre de sustentação localizada entre trilhos ferroviários e armazéns, cedeu, desmoronando de uma altura de 45 metros.  A causa do colapso ainda não é conhecida, mas agora a atenção está voltada para o registro de manutenção da ponte, preocupações com sua integridade que datam de décadas, e como o colapso se enquadra no contexto mais amplo do envelhecimento da infraestrutura italiana. Durante a última década, a Ponte Morandi, concluída em 1967, esteve sob manutenção constante, com um relatório de 2011 realizado pela operadora de estradas italianas Autostade per l'Italia alertando sobre a “intensa decadência” da estrutura. Os moradores locais há muito observam o trabalho de manutenção na ponte realizado todas as noites, com relatos ao The New York Times de que na noite anterior ao desastre, os trabalhadores se detinham justamente na porção da ponte que entrou em colapso. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar