Ampliar imagem | Tamanho original
Formas complexas usualmente exigem uma estrutura corpulenta para sustentá-las, a tecnologia das impressoras 3D, porém, proporciona potencial estrutural sem comprometer a capacidade e a durabilidade da forma. Pesquisadores da ETH de Zurique, liderados por Benjamin Dillenburger, desenvolveram uma nova impressora 3D que permite moldagem rápida e reuso de material.  Eles usaram essa tecnologia para criar uma fôrma que serviu para fazer uma laje de concreto leve de 80 m² na DFAB House, sendo a primeira construção desse tipo. A Smart Slab, que suporta sobre si uma estrutura de madeira de dois pavimentos, combina a durabilidade estrutural do concreto com a liberdade de desenho da impressora 3D.  Passo a Passo A equipe de projeto evitou a impressão 3D de todos os componentes da construção. Ao invés disso, criou um molde que produziria um teto capaz de manter suas características de suporte de carga. Esse é o motivo que levou a equipe a usar uma grande impressora 3D de areia, que tem uma precisão milimétrica. Depois da conclusão, a forma pode ser desmontada e reutilizada em outros projetos.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar