Ampliar imagem | Tamanho original
Esta é uma exploração de viver numa casa pequena localizada num entorno de alta densidade. Se pudéssemos minimizar ou desfocar o limite entre o programa, talvez pudéssemos perceber uma nova perspectiva e intimidade. Se ao menos pudéssemos redefinir a abertura e o fechamento em direção ao entorno, quão grande é a janela, quão alta é a cerca, como gostaríamos de ver o transeunte, o vizinho. Cenário 1 - do interiorEste é um espaço de 4x6x6 m3. Programa e privacidade são separados através de diferentes níveis e pontos de vista, ao invés de paredes e partições. Essa situação sem paredes cria um ambiente espaçoso e flexível, ao mesmo tempo que gera experiência e intimidade particulares. Cenário 2 - enquadrando o exteriorA situação e as atividades externas são enquadradas por várias janelas que levam a diferentes direções e vistas. Essas várias aberturas permitem interações únicas com o entorno. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar