Ampliar imagem | Tamanho original
Depois de quase cinco anos de projeto, recuperação de plásticos, reciclagem, angariação de fundos e colaboração intensiva, foi inaugurado o primeiro parque flutuante de plástico reciclado. O protótipo foi instalado no porto de Roterdã, o maior porto marítimo da Europa na segunda maior cidade holandesa. Com 140m², o chamado “Recycled Park” comprova o potencial dos materiais descartados. No caso deste projeto, coube a fundação Recycled Island recolher os plásticos, durante um ano e meio, instalando “armadilhas” nos rios poluídos (que poderiam parar no mar). A organização ambiental afirma que a tecnologia consegue capturar o lixos mesmo com tráfego de navios, mudanças de vento ou maré. E melhor ainda, pode ser implementada em qualquer lugar do mundo: portos, rios e fozes dos rios. “Quando recuperamos os plásticos diretamente em nossas cidades e portos, evitamos ativamente o crescimento adicional da “sopa de plástico” em nossos mares e oceanos. Roterdã pode servir de exemplo para as cidades portuárias em todos os lugares do mundo. A construção dos blocos de construção em plástico reciclado é um passo importante em direção a um rio livre de lixo”, afirma o arquiteto Ramon Knoester, fundador da Fundação Recycled Island. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar