Ampliar imagem | Tamanho original
A arquitetura, em sua forma realizada, não é nem a visão nem o trabalho de uma única pessoa. É uma prática inerentemente coletiva em seus processos. Mas a arquitetura como a conhecemos só é celebrada depois de concluída, e raramente é celebrada pela forma como é produzida. Poucos prêmios reconhecem a vasta rede de pessoas que permite àqueles que estão no topo da pirâmide colocarem seus nomes nas obras concluídas. Controvérsias recentes lançaram mais luz sobre esse aspecto - da petição para que Denise Scott Brown fosse reconhecida retroativamente pelo trabalho que rendeu ao seu marido, Robert Venturi, o Prêmio Pritzker em 1991 (pedido que foi rejeitado pelo Pritzker) a revelações no início deste ano sobre a maneira como arquitetos como Richard Meier abusam de seu poder no campo profissional para ganhos pessoais.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar