Ampliar imagem | Tamanho original
O Conselho de Edifícios Altos e Habitat Urbano (CTBUH) lançou recentemente um novo estudo intitulado "Edifícios Demolidos Mais Altos", que examina 100 dos edifícios mais altos que já foram destruídos pelos seus proprietários. O relatório confirma que, se a JPMorgan Chase continuar com seus planos, o 270 Park Avenue projetado pelo SOM em Nova Iorque se tornará o edifício mais alto já demolido, sendo o primeiro com mais de 200 metros de altura. O estudo mostrou que, na maioria dos casos, os edifícios foram demolidos para dar lugar a novos arranha-céus, como é o caso do atual edifício mais alto já demolido, o Singer Building, em Nova York. O Singer Building tinha 187 metros de altura e 41 pavimentos, até ser demolido em 1968 para dar lugar ao One Liberty Plaza. Não é de surpreender que as restrições de terra em densos ambientes urbanos, juntamente com um maior potencial econômico, sejam dois fatores-chave na decisão de demolir um edifício. O diretor executivo da CTBUH, Antony Wood, disse que "devemos pensar em edifícios altos como entidades perpétuas, com ciclos de vida potencialmente superiores a 100 ou 200 anos, enquanto projetamos de forma que possam ser adaptados criativamente para possíveis usos futuros". De acordo com o estudo, a média de tempo de uso dos 100 edifícios mais altos demolidos é de apenas 41 anos. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar