Ampliar imagem | Tamanho original
Em experiência passadas e na sequência de conflitos recentes, muitas cidades têm sido violentamente afetadas, quer pela destruição de patrimónios, quer pela eliminação parcial ou total das respetivas vivências.Há, actualmente, um debate internacional sobre as múltiplas formas e sentidos em que se deve proceder às reconstruções de cidades em contextos de conflito e de guerra. Em que momentos devem ser iniciados esses trabalhos? Como têm os governos gerido estes processos? Qual o papel da arquitetura? Como têm sido implicadas as populações? Qual tem sido o papel das mulheres – cidadãs e profissionais - nestas mesmas reconstruções?Convidamos investigadoras/es que se debruçam sobre o actual conflito sírio a partir da arquitectura, e sobre a situação específica das mulheres nas cidades pós-guerra, com uma perspetiva sociológica. Queremos debater estas e outras questões, tendo em vista caminhos possíveis para o futuro (pacífico) destes territórios. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar