Ampliar imagem | Tamanho original
Após obter o Leão de Ouro na última Bienal de Veneza com a proposta Unfinished dos arquitetos Carlos Quintáns e Iñaqui Carnicero - que mostrava a arquitetura reinventada após a crise da construção no país - o Pavilhão da Espanha aborda, nesta edição, o futuro da arquitetura a partir do ponto de vista dos pesquisadores. Assim nasceu becoming, a exposição com curadoria da arquiteta espanhola Atxu Amann, que abre as portas para mostrar ações, discursos e produções dos estudantes de arquitetura que foram desenvolvidas entre 2012 e 2017. Segundo os curadores, "becoming faz alusão a um vetor futuro, com uma origem comum de formação na Escola, que se estende a outros espaços e tempos de aprendizado em diálogo com outras disciplinas". Partindo de uma série de 55 adjetivos que qualificam a arquitetura proposta no concurso aberto, becoming contempla um conjunto heterogêneo de propostas e reflexões acerca da arquitetura e reivindica os ambientes de aprendizado como espaço de crítica e criação arquitetônica. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar