O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Eventos
  3. Escola da Cidade e Sesc SP promovem seminário internacional “Arquitetura é forma de conhecer”

Escola da Cidade e Sesc SP promovem seminário internacional “Arquitetura é forma de conhecer”

  • 04:00 - 21 Fevereiro, 2018
Escola da Cidade e Sesc SP promovem seminário internacional “Arquitetura é forma de conhecer”
Escola da Cidade e Sesc SP promovem seminário internacional “Arquitetura é forma de conhecer”, programação terá debates abertos ao público – abertura tem conversa com Paulo Mendes da Rocha, Solano Benitez (Paraguai) e Cristiane Muniz.
programação terá debates abertos ao público – abertura tem conversa com Paulo Mendes da Rocha, Solano Benitez (Paraguai) e Cristiane Muniz.

Consolidado como um dos mais significativos eventos realizados pela Escola da Cidade – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, o Seminário Internacional chega à sua 13° edição com o tema “Arquitetura é forma de conhecer”. Anualmente, durante uma semana, convidados nacionais e internacionais de prestígio da área de arquitetura e urbanismo participam de debates, workshops e dinâmicas que envolvem estudantes, professores e público interessado em trabalhar temas contemporâneos da área. O evento deste ano acontece de 24/02 a 02/03 na sede da Escola da Cidade e em unidades do SESC SP e a abertura, aberta ao público, trará uma conversa com os arquitetos Paulo Mendes da Rocha, Solano Benítez (Paraguai) e Cristiane Muniz (São Paulo).

A 13ª edição do Seminário Internacional irá discutir a interpretação e produção do espaço urbano como parte essencial da aprendizagem em Arquitetura e Urbanismo. Uma reflexão sobre a especificidade do olhar do arquiteto perante o ambiente construído e sua relação com outros olhares. A leitura e interpretação da cidade como forma de conhecer o homem, a arte, a técnica, a história. Conhecer como ação que possibilita a realização de uma proposta.

“Arquitetura é forma de conhecer” iniciou seu programa com o ateliê de projetos Reconhecer São Paulo no Estúdio Vertical de 2017, da Escola da Cidade, que consolidou uma pesquisa urbana e arquitetônica coletiva e interdisciplinar. O resultado dessa produção coletiva será o ponto de partida para o workshop Arquitetura é forma de conhecer, uma espécie de plataforma para o diálogo entre os convidados do Seminário e a comunidade da Escola da Cidade, capaz de abrir caminho para um laboratório de propostas para São Paulo. O workshop contará com 12 grupos de trabalho formados por cerca de 30 estudantes de graduação, um professor estrangeiro convidado e um professor da Escola da Cidade.

RECONHECER SÃO PAULO E O ESTUDIO VERTICAL
Desde a criação da Escola da Cidade, o Estúdio Vertical é parte fundamental do seu projeto pedagógico, um espaço de reflexão e experiência coletiva de caráter transdisciplinar que envolve grupos de estudantes de diferentes anos no enfrentamento de questões ligadas ao campo da arquitetura e do urbanismo, por meio da escolha de temas relevantes ligados à vida e ao desenvolvimento de nossas cidades. Um lugar de síntese capaz de refletir, em seu processo e na diversidade de suas propostas, o conjunto dos pensamentos dessa escola a partir de suas diversas sequências disciplinares – projeto, urbanismo, tecnologia, desenho, história e teoria.

Durante o 2º semestre de 2017 foi proposta a realização da pesquisa Reconhecer São Paulo, base para a realização do 13o Seminário Internacional – Arquitetura é forma de conhecer, e ponto de partida para os trabalhos que serão desenvolvidos ao longo do primeiro semestre de 2018.

Conhecida genericamente por atributos superlativos ligados ao papel econômico, à escala urbana ou à diversidade populacional, a cidade de São Paulo merece, do ponto de vista arquitetônico-urbanístico, um estudo aprofundado dos espaços incorporados ao cotidiano de sua população que, por este mesmo motivo, podem ser reconhecidos simbolicamente como representativos da metrópole.

Que edifícios ou espaços públicos podem explicar São Paulo? Onde a cidade está – ou poderia estar - lembrada?

Independentemente da escala, localização ou uso, foi proposto um exercício de reconhecimento da cidade, do alcance da ação dos arquitetos e urbanistas por meio de suas obras, mas também do levantamento de espaços latentes ou potenciais que, mesmo que não possuam quaisquer atributos arquitetônicos em especial, sejam reconhecidos e intensamente usados por parte da população e incorporados ao cotidiano. Terminado o semestre, os 48 trabalhos foram catalogados em 12 eixos temáticos capazes de abarcar a totalidade das propostas, viabilizando a organização dos grupos de trabalho do workshop Arquitetura é forma de Conhecer que integra o Seminário Internacional:

1. ESPAÇOS DO COTIDIANO | Padarias de São Paulo, Bar Estadão
2. PROJETOS PARTICIPATIVOS | Mutirão Cidade Tiradentes, Filhos da Terra
3. INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES | Pontos de ônibus, Viaduto Dr. Arnaldo, Edifícios Garagem do Centro de São Paulo
4. ARQUEOLOGIA INDUSTRIAL | Bairro de Perus e antiga fabrica de cimento, Casa Vanorden, Moinho Matarazzo, Vila Maria Zélia
5. CIDADE IMIGRANTE | Baixada do Glicério, Bom Retiro, Praça Kantuta
6. ESPAÇO OBSOLETO E POTENCIAL | Campo de Marte, Carandiru
7. MAPEAMENTOS E ANÁLISES SENSORIAIS | Vale do Anhangabaú
8. ESPAÇOS DE RESISTÊNCIA | Aparelha Luzia, Casa Amarela, Ocupação Oscar Freire X Peixoto Gomide, Maloca do Jaceguai e Teatro Oficina, O feminino em São Paulo
9. ÁGUAS DA CIDADE | Represa Guarapiranga
10. ARQUITETURA DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO | Igreja Nossa Senhora dos Aflitos, Cinemas Centro, Estádio Pacaembú
11. CONTRASTES URBANOS | "São Paulo (Jaraguá, Parelheiros, Real Parque)", Jardim Panorama x Shopping Cidade Jardim, Alphaville
12. ARQUITETURA EVENTUAL | 24 horas reconhecendo SP: Virada Cultural

O encaminhamento de cada trabalho durante o Seminário Internacional, seus recortes metodológicos ou definição de produtos, bem como seus desdobramentos futuros, serão livremente definidos pelos professores convidados em sua interlocução com sua equipe. Ao final do Seminário, haverá uma discussão para avaliação desta importante semana de trabalho, certos da enorme colaboração proveniente dos professores participantes, amparada pela variedade de experiências, de formação pessoal e áreas de atuação.

CONVIDADOS INTERNACIONAIS

Solano Benitez - Sócio de Gloria Cabral no Gabinete de Arquitectura, fundado em Asunción, Paraguai, em 1987. Sua atividade de ensino consolida a extensão da sua pesquisa em cursos de graduação e mestrado em diferentes universidades do Paraguai e em todo o mundo. Sua atividade profissional teve proeminência internacional nos últimos anos, com inúmeros prêmios e publicações, dentre os quais se destaca o Leão de Ouro para Representação Nacional na Exposição Internacional da Bienal de Veneza em 2016.

Alexis Schachter (Argentina) - Membro do estúdio MONOBLOCK, fundado em 2006, com, Marcos Amadeo, Juan Granara, Adrián Russo e Fernando Cynowiec. Arquiteto pela Faculdade de Desenho e Urbanismo da Universidade de Buenos Aires [FADU], onde é docente no campo da Arquitetura desde 2004. Principais projetos: extensão da Chancelaria Argentina, expansão dos escritórios do Banco Central da República Argentina, Instituto Técnico Judicial, Museu de Arte Contemporâneo de Mar del Plata, inaugurado no verão de 2014.

Loreto Lyon e Alejandro Beals (Chile) - Arquitetos pela Universidade Católica do Chile (PUC) em 2005 e 2001 respectivamente. Até 2009 trabalharam de forma independente e associados aos arquitetos chilenos Mathias Klotz e Smiljan Radic, quando se mudaram para Londres. Lá formaram, em 2012, o estúdio de arquitetura BEALS LYON ARQUITECTOS. Em 2016, a Ediciones ARQ publicou a monografia "Beals Lyon Arquitectos: Public Voids", com uma seleção de trabalhos recentes sobre arquitetura pública.

Inês Lobo (Portugal) - Arquiteta pela Escola Superior de Belas Artes de Lisboa (1989). Iniciou seu próprio escritório em 2002 como Inês Lobo, Arquitectos. Atualmente é professora convidada no curso de arquitetura da Universidade Autônoma de Lisboa. Nos últimos anos, destacou-se como curadora e comissária de exposições de arquitetura, sendo responsável pela representação portuguesa na Bienal de Veneza de 2012, e delegado português da VIII BIAU - Bienal ibero-americana de Arquitetu¬ra e Urbanismo.

Lucía Hollman e Agustín Moscato (Argentina) - Integram o coletivo AToT- Arquitectos Todo Terreno. No campo acadêmico, lecionam na Faculdade de Desenho e Urbanismo da Universidade de Buenos Aires [FADU] e integram o grupo de projetos de conclusão de curso da Universidade de Palermo desde 2015. Em 2016 foram selecionado como um estúdio emergente para o Prêmio Mies Crown Hall - Arquitetura emergente da Chicago School, EUA e também como representantes argentinos de Buenos Aires para o BAL 2017 organizado pela Universidade de Navarra, realizado em Pamplona, Barcelona e Madri

Daniel Moreno Flores (Equador) - Arquiteto pela Faculdade de Arquitetura, Desenho e Artes da Pontifícia Universidade Católica do Equador (2002 – 2007). Atualmente cursa o Mestrado, em Arquitetura (MDAA - FADU - UBA) em Buenos Aires, Argentina. Exerce Arquitetura como prática de instalações artísticas, desenho arquitetônico e intervenção social.

Mauricio Rojas (Colombia) - Arquiteto pela Universidad de los Andes (1994) e mestre em Arquitetura Bioclimática pela Escola latinoamericana de arquitetura Isthmus, Panamá e Universidade Autónoma de Colima, México. É professor na Nomad School for Planetary Design. Vencedor do primeiro reconhecimento nacional da Bienal de Arquitetura Colombiana, em arquitetura sustentável (2012).

Jorge Figueira (Portugal) - Licenciado em arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (1992) e doutorado em arquitectura, na área de Teoria e História, pela Universidade de Coimbra (2009). Foi director do Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, entre 2010 e 2017, onde leciona e é investigador do Centro de Estudos Sociais, UC.

Patricia Llosa (Peru) - Arquiteta pela Universidade Ricardo Palma de Lima, Perú e mestre em “Arquitetura, Crítica e Projecto” com Josep Quetglas na Universidade Politécnica da Catalunha (1998 y 1999). Integra, junto com Rodolfo Cortegana, o estudio Llosa-Cortegana, formado em 2005.

Benno Albrecht (Itália) - Arquiteto, professor de desenho arquitetônico e urbano e diretor da Escola de Doutorado da Universidade Iuav de Veneza. É autor de ensaios e volumes sobre sustentabilidade na arquitetura, como “Preservar o futuro”, “O pensamento de sustentabilidade na arquitetura” e “Futuro sustentável da África”. Publicou com Leonardo Benevolo “As origens da arquitetura” e “Os limites da paisagem humana”. Organizou exposições para a Trienal de Milão como “Exportando o Centro Histórico”, com Anna Magrin, “África Big Change Big Chance” e uma seção de “Arquitetura do Mundo”, com Alberto Ferlenga e Marco Biraghi.

Manuel Cervantes Céspedes (México) - Arquiteto da Universidade de Anáhuac e membro do sistema nacional de criadores de arte desde 2016, fundou o escritório CC Arquitectos em 2004. Em 2006 incluiu uma área em seu escritorio dedicada a projetos urbanos e de transporte de massa, iniciando sua investigação em torno dos Centros de Interferência Multimodal (CETRAM) e do Desarollos Orientados al Transito (DOT). Realizou trabalhos espaços como INFONAVIT e para o Governo do México, assim como projetos urbanos e arquitetônicos em vários países do continente americano, participando de conferências em diversos países, como México, Estados Unidos, Espanha e Portugal. Ganhou também diversos prêmios e várias medalhas nas bienais nacionais de Arquitetura do México.

Edgar Mazo (Colombia)
Fundador em 2011 do escritório L.A.P – Laboratorio de Arquitectura y Paisaje com Sebastián Mejia, atuava anteriormente no conceituado Paisajes Emergentes, em conjunto com o arquiteto Luis Callejas. Desde Paisajes Emergentes, Edgar Mazo tem apresentado seu trabalho em exposições individuais e coletivas. Nos últimos anos, vem desenvolvendo um trabalho educativo de pesquisa junto a alunos de graduação em Arquitetura e atuado como professor em diversas instituições. Seu trabalho tem sido reconhecido em vários concursos internacionais de arquitetura, obtendo diversos prêmios, como por exemplo Anteproyecto Urbanístico, Paisajísto, Arquitectónico y sus Estudios Complementarios do Parque Del Río em la Ciudad de Medellín (2013) e a Menção Honrosa no Concurso Público Internacional Parque Verde La Carlota em 2012 (Caracas, Venezuela).

PROGRAMAÇÃO

ABERTOS AO PÚBLICO I GRATUITOS

24/02 I ABERTURA DO EVENTO
11H ÀS 13H |SESC POMPÉIA
Abertura do Seminário Internacional: Danilo Santos Miranda [SESC SP] e Ciro Pirondi [Escola da Cidade]
Conversa com os arquitetos Paulo Mendes da Rocha, Solano Benitez (GABINETE DE ARQUITECTURA) e Cristiane Muniz (UNA ARQUITETOS)

26/02 I SEGUNDA-FEIRA
11H ÀS 13H |CINESESC
Apresentação do documentário “Que língua você fala?” de Elisa Bracher - debate com a Diretora

*Para participar dos eventos abertos, é necessário que os interessados cheguem com 1h de antecedência para retirada de convites/entrada.

EVENTOS FECHADOS A ALUNOS DA ESCOLA DA CIDADE

26/02 I SEGUNDA-FEIRA
14h | ESCOLA DA CIDADE - INÍCIO DOS TRABALHOS | workshop
18h | ALIANÇA FRANCESA
Palestras 18h-21h
ALEXIS SCHACHTER (ARGENTINA)
MANUEL CERVANTES CESPEDES (MEXICO)
LORETO LYON E ALEJANDRO BEALS (CHILE)

27/02 I TERÇA-FEIRA
14h | ESCOLA DA CIDADE - DESENVOLVIMENTO DOS TRABALHOS | workshop
18h | SESC CONSOLAÇÃO
Palestras 18h-21h
LUCIA HOLLMAN E AGUSTÍN MOSCATO (ARGENTINA)
DANIEL MORENO FLORES (EQUADOR)
MAURICIO ROJAS (COLOMBIA)

28/02 I QUARTA-FEIRA
14h | ESCOLA DA CIDADE
DESENVOLVIMENTO DOS TRABALHOS | workshop
18h | SESC 24 DE MAIO
Palestras 18h-21h
EDGAR MAZO (COLOMBIA)
JORGE FIGUEIRA (PORTUGAL)
PATRICIA LLOSA (PERU)

01/03 I QUINTA-FEIRA
14h | ESCOLA DA CIDADE
DESENVOLVIMENTO DOS TRABALHOS | workshop
18h | SESC 24 DE MAIO
Palestras 18h-21h
BENNO ALBRECHT (ITÁLIA)
INES LOBO (PORTUGAL)
SOLANO BENITEZ (PARAGUAI)

02/03 I SEXTA-FEIRA
14h | ESCOLA DA CIDADE
APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS | workshop
19h | ESCOLA DA CIDADE
FESTA DE ENCERRAMENTO

COORDENAÇÃO DO SEMINÁRIO:
- Arquitetura, Educação e Sociedade | Curso de pós-graduação Cristiane Muniz e Maira Rios
- Estúdio Vertical | Ateliê de projeto da graduação Francisco Fanucci e Shundi Iwamizu
- Seminários de Cultura e Realidade Contemporâneas José Guilherme Pereira Leite
- Corpo discente Leonardo Dias e Vicky Berl

SOBRE A ESCOLA DA CIDADE
A Escola da Cidade – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo é um centro de estudos que – por meio de relações entre arquitetura, história, cultura, território e natureza – procura introduzir e reinterpretar as diferentes formas de ocupação do espaço. Instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC (desde 2001), que reúne um conjunto de profissionais multidisciplinares e procura formar arquitetos e urbanistas criativos e críticos à cidade. www.escoladacidade.edu.br.

RELAÇÕES COM A IMPRENSA – ESCOLA DA CIDADE
Cobogó Relações Públicas
Pedro Scabim – pedro@rpnacobogo.com.br
Livia Esteves – livia@rpnacobogo.com.br
www.rpnacobogo.com.br

  • Título

    Escola da Cidade e Sesc SP promovem seminário internacional “Arquitetura é forma de conhecer”
  • Tipo

    Série de Palestras
  • Organizadores

    Escola da Cidade
  • De

    24 de Fevereiro de 2018, 11:00
  • Até

    02 de Março de 2018, 19:00
  • Onde

    Escola da Cidade
  • Endereço

Este evento foi enviado por um usuário de ArchDaily. Se você quiser, pode também colaborar utilizando "Enviar um evento". As opiniões expressas nos anúncios enviados pelos usuários archdaily não refletem necessariamente o ponto de vista de ArchDaily.

Cita: "Escola da Cidade e Sesc SP promovem seminário internacional “Arquitetura é forma de conhecer”" 21 Fev 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/889464/escola-da-cidade-e-sesc-sp-promovem-seminario-internacional-arquitetura-e-forma-de-conhecer> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.