O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura De Uso Misto
  4. Angola
  5. PROMONTORIO
  6. 2016
  7. Centro Lubango / PROMONTORIO

Centro Lubango / PROMONTORIO

  • 09:00 - 26 Fevereiro, 2018
Centro Lubango / PROMONTORIO
Centro Lubango / PROMONTORIO, © Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

© Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG + 30

  • Arquitetos

  • Localização

    Rua 14 de Abril, Lubango, Angola
  • Arquitetos Responsáveis

    Paulo Martins Barata, João Luís Ferreira, Paulo Perloiro, Pedro Appleton e João Perloiro
  • Área

    5800.0 m2
  • Ano do projeto

    2016
  • Fotografias

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Descrição enviada pela equipe de projeto. A pacificação de Angola e a subsequente estabilidade económica permitiu o início do desenvolvimento e da reconstrução urbana.  Ao princípio exclusivamente centrada em Luanda, foi-se progressivamente estendendo a cidades do interior, como o Lubango, capital da província da Huíla.  Esta pequena cidade, fundada no início do século XX, é uma das grandes referências do urbanismo colonial português em África. Este pequeno edifício multiusos está localizado numa zona consolidada, adjacente à praça principal da cidade e rodeado por alguns edifícios do período modernista de notável qualidade, ainda que muito delapidados.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Com 9 pisos, e em conformidade, o edifício consta de um programa misto de habitação, escritórios e comércio, servido por um estacionamento comum em cave.  No piso térreo, uma galeria comercial exterior coberta e com ventilação natural gera um espaço público sombreado e fresco, permitindo uma acessibilidade direta às frentes de loja, aos átrios diferenciados de habitação e escritórios e a um pequeno jardim-esplanada nas traseiras.  Acima existem, respectivamente, 4 pisos de escritórios, 3 de habitação simplex, e os 2 últimos em duplex, incluindo variantes de T0 a T3 e duplo pé-direito.  A cobertura é ocupada com arrecadações, tratamento de roupa e zonas técnicas.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

O conceito construtivo tem por base um sistema de robustez capaz de garantir um edifício sólido e simples, com grande durabilidade e baixa manutenção.  O módulo de varandas reentrantes permite não apenas o ensombramento natural decorrente da sua profundidade, mas também criar zonas técnicas ventiladas e visitáveis para a climatização.  A espessura decorrente, constituída por uma densa alvenaria de tijolo maciço, é interrompida por lajes de betão (concreto) que funcionam como lintéis contínuos.  Esta expressão tectônica é reforçada quer pela materialidade, cor e textura do tijolo, quer pelo seu aparelho ao cutelo (soldier-and-header course), evocativo da riqueza dos barros manuais africanos.

Planta 4
Planta 4

Por fim, a estratificação desta materialidade é enfatizada pela pintura branca nos lintéis de betão e nas caixilharias de madeira. Antecipando um longo período até que os vizinhos construam junto às empenas cegas a noroeste e sudeste, optou-se também nestas por manter a mesma alvenaria com um aparelho reminiscente dos recessos nas fachadas principais.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Centro Lubango / PROMONTORIO" [Lubango Centre / PROMONTORIO] 26 Fev 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/889384/centro-lubango-promontorio> ISSN 0719-8906