O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Apartamentos
  4. Portugal
  5. João Tiago Aguiar
  6. 2017
  7. Prédio Cç Sacramento / João Tiago Aguiar

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Prédio Cç Sacramento / João Tiago Aguiar

  • 09:00 - 19 Fevereiro, 2018
Prédio Cç Sacramento / João Tiago Aguiar
Prédio Cç Sacramento / João Tiago Aguiar, © Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

© Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG + 36

  • Arquitetos

  • Localização

    Lisboa, Portugal
  • Arquitetos Responsáveis

    João Tiago Aguiar, Ruben Mateus
  • Equipe

    André Silva, João Nery Morais, Rita Lemos, Laura Cettolin, Arianna Camozzi, Maria Sousa Otto, Ricardo Cruz, Vasco Fragoso Mendes, Renata Vieira
  • Área

    1500.0 m2
  • Ano do projeto

    2017
  • Fotografias

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Descrição enviada pela equipe de projeto. O edifício em questão situa-se na Calçada do Sacramento, no Chiado, em pleno centro de Lisboa. Trata-se de um edifício de origem pombalina que se encontrava muito degradado, já com o sistema estrutural muito alterado. O edifício é constituído por 4 pisos elevados e um piso de águas furtadas. No R/C funcionava a antiga Panificação do Chiado, cuja fachada se encontra classificada.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG
Planta - 1° Pavimento
Planta - 1° Pavimento
© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

O objectivo da obra era manter o uso comercial do R/C e desenhar tipologias variadas nos pisos superiores, nomeadamente um T3 no 1º piso, um T1 e um T2 no 2º piso, e dois duplexes T3 no 3º piso, com aproveitamento do desvão do sótão. Para melhorar o conforto, foi implantado um elevador no vão das escadas. Manteve-se o aspecto original da caixa de escadas, apesar da introdução de um novo corpo, de estrutura em ferro pintado na cor preto mas totalmente transparente. Reorganizou-se o hall de entrada de forma a apresentar um espaço claro e limpo, ocultando-se toda a zona técnica e de lixos.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Na fachada tardoz foram introduzidas varandas e janelas de sacada de forma a optimizar o usufruto das vistas e da luz natural. Já na cobertura foram introduzidas duas grandes trapeiras a tardoz e cinco mais pequenas na frente com respectivos terraços, com vistas excepcionais sobre a cidade, nomeadamente a Baixa Pombalina e o Castelo de São Jorge. Todo o sótão, antes sombrio e esconso, foi muito melhorado, ao introduzirem-se novas trapeiras tanto na fachada tardoz como principal, que permitiram a entrada abundante de luz natural e melhores vistas.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG
Corte C
Corte C
© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

O apartamento do primeiro piso, com acesso ao logradouro beneficiou de um espaço exterior de grandes dimensões, sobranceiro à cidade. Os apartamentos em geral, são dotados de pés-direitos muito generosos, o que associado à recuperação dos tectos e sancas originais em estuques trabalhados fez renascer a nobreza do edifício. Foi colocada iluminação indireta em sancas enaltecendo os elementos decorativos. Sublinhou-se a ampla escala dos espaços pela introdução de portas, estantes e armários até ao teto.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Promoveu-se um diálogo entre os elementos de arquitetura contemporânea, nomeadamente as cozinhas abertas, as instalações sanitárias ocultas, com os elementos clássicos e tradicionais do edifício. Nos duplexes, situaram-se as zonas privadas no piso inferior, e as zonas sociais no piso superior, promovendo a vivência dos terraços e a relação das zonas de estar com as melhores vistas.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

O cuidado com a intervenção passou também pela abordagem do reforço estrutural, que procurou sempre aproveitar os elementos existentes e reforçá-los ao invés da substituição total do sistema construtivo original.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Prédio Cç Sacramento / João Tiago Aguiar" [Cç Sacramento Building / João Tiago Aguiar] 19 Fev 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/889169/predio-cc-sacramento-joao-tiago-aguiar> ISSN 0719-8906