Ampliar imagem | Tamanho original
Maioria em graduações de arquitetura em diversas partes do mundo, incluindo o Brasil, as mulheres superam os homens em número de profissionais em atividade, entretanto, sua representatividade vem, há décadas, sendo sistematicamente diminuída frente à atuação masculina.  O debate sobre o papel das mulheres na arquitetura não é recente, contudo, ganhou força a partir de 2013 com a petição para que Denise Scott Brown fosse retroativamente reconhecida como vencedora do Prêmio Pritzker de 1991 - junto à Robert Venturi - e a consequente rejeição do pedido por parte do Prêmio. Desde então, o reconhecimento do papel das mulheres na arquitetura vem sendo tópico de diversos - e necessários - debates, palestras, simpósios e exposições em todo o mundo. Enquanto mídia direcionada à arquitetura, o ArchDaily tem um importante papel na difusão deste debate, todavia, a questão do gênero na arquitetura tem se concentrado exclusivamente na produção das arquitetas, esquecendo-se de parte fundamental para a própria divulgação desses trabalhos: a representação da arquitetura. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar