Ampliar imagem | Tamanho original
Brasília é uma cidade modernista que muitas vezes é comparada a um museu a céu aberto das obras de Oscar Niemeyer. É nesse contexto que o Debaixo do Bloco Arquitetura atua e onde o arquiteto Clay Rodrigues cria uma galeria de arte em um antigo prédio hospitalar. A primeira atitude do arquiteto foi retirar os revestimentos do ambiente, quando removido o forro foi possível ver uma estrutura incomum principalmente no formato das vigas que revelar um desenho sector circular. A preservação desse elemento e enfatizá-lo no projeto se tornou a premissa dessa obra. O restauro das vigas e pilares aconteceram sem agredir a história do edifício mantendo aspecto rústico, com o concreto aparente e estruturas sem elementos de acabamento, em uma linguagem que revela as imperfeições e a autenticidade do espaço. O forro branco solto da laje seguiu o desenho do esqueleto do edifício criando um movimento, onde de certa forma lembram as rampas do museu nacional desenhadas por Niemeyer. Já nas paredes foi assentado placas cimentícias que junto ao piso e ao concreto trazem neutralidade para um ambiente que precisa expor de forma itinerante diferentes objetos e de diferentes cores. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar