Ampliar imagem | Tamanho original
Como uma montanha de concreto em meio às árvores, o volume irregular de concreto de Neviges Mariendom ("Catedral de Santa Maria de Neviges") ergue-se sobre seus arredores. Construído em um popular local de peregrinação no oeste da Alemanha, Mariendom é a última iteração de um mosteiro que atrai inúmeros visitantes e peregrinos de todo o mundo há séculos. Ao contrário de seus predecessores medievais e barrocos, Mariendom, descaradamente modernista, reflete uma mudança significativa na visão de seus criadores: uma nova maneira de pensar tanto para as pessoas da Alemanha pós-guerra quanto para a Igreja Católica em geral. Os peregrinos dirigem-se a Neviges desde o final do século XVIII, quando a igreja da época tornou-se anfitriã de uma Imacculata (uma venerada gravura de cobre retratando a Imaculada Conceição da Virgem Maria). A popularidade do local foi muito boa para o convento barroco existente, levando à construção de uma estrutura anexa no início do século XX. Mesmo com essa estrutura construída especificamente para esse propósito, milhares de peregrinos após a Segunda Guerra Mundial, demandaram a construção de uma edificação maior. Em 1960, foi decidido que uma nova igreja de peregrinação fosse construída para lidar com o afluxo de visitantes. [1, 2] Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar