O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Entrevistas
  3. Pierre Alain Trévelo: o que há de público no espaço da cidade?

Pierre Alain Trévelo: o que há de público no espaço da cidade?

Pierre Alain Trévelo: o que há de público no espaço da cidade?

À convite do IVM Brasil - Instituto Cidade em Movimento, o arquiteto e urbanista francês, Pierre Alain Trévelo, esteve na cidade de São Paulo em maio deste ano. Além de conhecer alguns dos principais espaços públicos da região central da cidade, participou de visitas, reuniões e debates. Em todos os eventos, Trévelo destacou a concepção da “super superfície”, de um espaço livre para todos, que somente pode ser concebido a partir da consulta e da participação da sociedade civil na avaliação do espaço público.

Pierre Alain Trévelo: o que há de público no espaço da cidade?, Pierre Alain Trévelo durante Mesa Redonda: “O que há de público no espaço público da cidade?”, em São Paulo. Image © Divulgação IVM
Pierre Alain Trévelo durante Mesa Redonda: “O que há de público no espaço público da cidade?”, em São Paulo. Image © Divulgação IVM

No dia 19 de maio, Trévelo palestrou no encontro “O que há de público no espaço público da cidade?”, promovido pelo IVM em parceria com a Academia Paulista de Letras e o Consulado da França. O evento contou com a presença de Cecília Lotufo, ativista e fundadora do Movimento Boa Praça, e do arquiteto e urbanista Valter Caldana, do IVM/Mackenzie.

Tendo como ponto disparador da discussão a proposta de “revitalização” do Largo do Arouche, Trévelo apresentou o projeto vencedor do concurso internacional para a Praça da República de Paris, reinaugurada em Junho de 2013. Treveló e sua equipe do estúdio TVK compreenderam a Praça como um espaço público de abrangência metropolitana e que, portanto, deveria incorporar o conceito do uso universal: não é de um ou outro, mas de todos.

© Divulgação TVK
© Divulgação TVK
© Divulgação TVK
© Divulgação TVK
© Divulgação TVK
© Divulgação TVK

Desta forma, a “super superfície” da Praça se coloca como espaço versátil receptiva às atividades diversas do cotidiano, bem como os principais acontecimentos da cidade, festivais e manifestações de cunho social e político.

Durante a palestra, Treveló destacou a importância do processo de dois anos de discussão e consulta pública, para que fosse possível conceber a proposta final.

Sobre este autor
Cita: Romullo Baratto. "Pierre Alain Trévelo: o que há de público no espaço da cidade?" 08 Ago 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/877192/pierre-alain-trevelo-o-que-ha-de-publico-no-espaco-da-cidade> ISSN 0719-8906

Mais entrevistas em nosso Canal de YouTube

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.