Ampliar imagem | Tamanho original
A encomenda consistiu numa casa de descanso que contemplasse áreas sociais e o dormitório principal no térreo, com vista ao mar, além de outros quatro dormitórios para abrigar uma família em cada um e áreas de serviço. Uma enorme figueira, uma palmeira e a busca por aberturas visuais para o mar, ditaram o projeto. A palmeira serve de pretexto para confinar um pátio de entrada, no qual a vegetação em diálogo com a estrutura aparente dão as boas-vindas e anunciam qual será o tema de toda a casa: um esqueleto estrutural que ordena, delimita e qualifica os diferentes espaços. O recinto principal é conformado pela sala aberta de estar e jantar, com uma piscina ao lado que arremata a casa e dilui o limite com o horizonte marinho. A casa ainda possui um pátio com redes que é implantado no eixo marcado pela figueira, seguido por um outro pátio que introduz luz e vegetação ao interior. O dormitório se localiza no mesmo eixo, através da sequência de pátios, desfruta também da paisagem sem perder sua intimidade. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar