Ampliar imagem | Tamanho original
Um assentamento de 1270 pessoas com uma renda de 156 dólares mensais por família representa um desafio que coloca a infraestrutura como uma forma de desenvolvimento. O intuito é aproximar as oportunidades de desenvolvimento da comunidade por meio de uma plataforma construída que seja sustentável e pautada no referencial humano por meio da participação. O projeto responde a três eixos estabelecidos pela comunidade: educação, saúde e atividades comunitárias, transformando o local em um gerador de coesão social.  Cerro Cora possui uma grande falta de desenvolvimento educativo, 25% das crianças não possuem sequer educação primária, e 63% não estuda por que precisa trabalhar. Apenas 38% das famílias recebe coleta de lixo, e 98% das ruas ainda são de terra, o que torna muito difícil o acesso dos diferentes serviços à comunidade A intenção foi abarcar desde a perspectiva da solução de um problema que influencia não só uma pessoa, ou a família, mas sim um coletivo de pessoas, por isso a própria ideia busca reivindicar a ação conjunta humana, deixando de lado o ego, os interesses individuais, para poder tratar do interesse geral como prioridade. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar