Ampliar imagem | Tamanho original
O arquiteto e designer brasileiro Guto Requena recebeu o Prix Versailles por seu Pavilhão Dançante, desenvolvido para as Olimpíadas do Rio de Janeiro 2016. O projeto foi premiado em duas importantes categorias: a MUNDIAL, categoria máxima, e também na categoria Américas. A cerimônia aconteceu na sede da UNESCO, em Paris, em 12 de maio. Localizado no Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro, o Pavilhão Dançante foi criado como um espaço para festas, danças, djs e apresentações. A interatividade do pavilhão se dava através de sua pele interativa, em que sensores espalhados na pista de dança captavam a música e a agitação das pessoas dançando, controlando motores para movimentar espelhos na fachada do edifício. O prêmio foi entregue ao arquiteto brasileiro pelo renomado chef francês, Guy Savoy e, compunham o júri, Toyo Ito, arquiteto vencedor do Pritzker e o filósofo Gilles Lipovetsky. O Prix Versailles, promovido pela UNESCO e pela União Internacional dos Arquitetos, reconhece ao todo 70 projetos ao redor do mundo, sendo dividido em seis regiões: África e Oeste da Ásia; América do Norte; América Central, do Sul e Caribe; Ásia Central e Nordeste; Sul da Ásia e Pacífico; e Europa. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar