Ampliar imagem | Tamanho original
Arquivos e documentos históricos sobre a capital federal foram restaurados para a exposição inédita Brasílis à Brasília: Uma história contada pelos documentos de arquivo, inaugurada no dia 11 deste mês no Palácio do Planalto. Realizada em celebração aos 30 anos do ano em que Brasília foi reconhecida como Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, a mostra reúne documentos e fotografias que marcaram eventos históricos da formação do país, desde o Brasil Colônia, no século XVI, até sua independência e transferência da capital para o planalto central em 1950.  Entre os documentos restaurados para a exibição, estão o memorial descritivo do Plano Piloto, plantas da cidade desenhadas por Lucio Costa, plantas da Capela do Palácio da Alvorada, de Niemeyer, além do primeiro mapa do Distrito Federal, datado de 1894, e do documento que sancionou a Lei Áurea, que aboliu a escravidão, de 1888.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar