O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Eventos
  3. Escola da Cidade organiza a exposição “Diagrama Contracondutas” sobre trabalho escravo

Escola da Cidade organiza a exposição “Diagrama Contracondutas” sobre trabalho escravo

  • 18:00 - 20 Abril, 2017
Escola da Cidade organiza a exposição “Diagrama Contracondutas” sobre trabalho escravo
Escola da Cidade organiza a exposição “Diagrama Contracondutas” sobre trabalho escravo

A Escola da Cidade – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo promove de 8 de abril a 13 de maio de 2017, a exposição “Diagrama Contracondutas”. A coletiva confere visualidade e materialidade aos resultados de um ano de pesquisa do projeto Contracondutas, e suas ações político-pedagógicas relacionadas ao tema do trabalho análogo ao escravo e seus desdobramentos. Embora seja um momento conclusivo, os produtos, publicações, pesquisas e articulações propostas repercutirão no tempo os enunciados propostos pelo projeto: a exposição é diagrama de um projeto em transcurso.

Entre os trabalhos dos artistas convidados e selecionados por chamada aberta estão o Núcleo de Estudos das Espacialidades Contemporâneas - NEC/IAU-USP, a artista visual Raquel Garbelotti, o Coletivo 308, Coletivo Metade e Vânia Medeiros.

A artista Raquel Garbelotti exibe a videoinstalação inédita “Mise-en-Scéne”, com dois filmes feitos em estúdio a partir da simulação da circunvolução solar em volta da maquete de uma das casas onde foram encontrados trabalhadores em condições análogas a escravo, nas imediações do Terminal 3 do Aeroporto de Guarulhos. O resultado evidencia as condições insalubres de moradia a que eram submetidos os trabalhadores.

O Coletivo 308, por sua vez, amplia o alcance do “Projeto Labor”, realizado originalmente em Guarulhos, com a exibição de duas grandes matrizes xilográficas em que são representadas as moradias e os arredores do Aeroporto Internacional e sua impressão em lambe-lambes, espalhados pelo espaço expositivo. Exibem, também, série de objetos escultóricos feitos em barro e gesso, no formato de um avião e de uma carriola.

Cortesia de Escola da Cidade
Cortesia de Escola da Cidade

O NEC/IAU-USP de São Carlos apresenta “GRU-III: Contracartografias”, que consiste em painéis diagramáticos com mapas e textos que elucidam as relações econômicas e de trabalho que atravessam a dinâmica aeroportuária, com foco na construção do T3 de Guarulhos, além de um conjunto de diagramas que atenta para os diversos atores envolvidos em grandes canteiros de obras.

O Coletivo Metade, formado por Ana Sayeg Tranchesi e Isabella Beneducci Assad, realizou pesquisa de campo na municipalidade de Petrolândia, em Pernambuco, de onde grande parte dos trabalhadores do Terminal 3 veio, aliciada por atravessadores. A pesquisa se transforma na obra “CentoeOnze”, em que tótens sonoros amplificam declarações desses trabalhadores. Vânia Medeiros exibe o livro “Caderno de Campo”, com uma série de desenhos feitos por trabalhadores da construção civil a partir de ateliês, conduzidos pela artista, em que eles representam cenários de trabalho.

Completam a exposição: uma pequena biblioteca com livros sobre o tema e cinco pesquisas acadêmicas-experimentais de estudantes e professores da Escola da Cidade; a série de reportagens “Por detrás do tapume”, de Sabrina Duran, com fotografias de Renata Ursaia, realizadas especialmente para o projeto; o vídeo “Terminal 3”, com direção de Thomaz Pedro e Marques Casara, da Papel Social; e o trabalho coletivo “Em Paralelo”.

A exposição “Diagrama Contracondutas” vai itinerar para o município de Guarulhos e para Liverpool, na Grã-Bretanha, após seu encerramento em São Paulo.

Contracondutas

O projeto Contracondutas se origina da atuação do sistema de justiça do trabalho dentro das ações de combate e erradicação do trabalho análogo a escravo na construção do Terminal 3, do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em 2013. Com a aprovação do Ministério Público do Trabalho, a Associação Escola da Cidade ficou encarregada de elaborar um projeto amplo e público que buscasse problematizar, difundir e transformar o conhecimento e a realidade do problema–enfrentamento nesse procedimento de justiça a partir de uma abordagem sobre a questão do trabalho análogo a escravo na contemporaneidade.

Cortesia de Escola da Cidade
Cortesia de Escola da Cidade

Com duração de um ano - maio de 2016 a maio de 2017 -, o projeto Contracondutas foi idealizado por uma equipe interdisciplinar de profissionais, no âmbito do Conselho Técnico e opera como dispositivo que atravessa diversas atividades didático pedagógicas da Escola da Cidade – Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea, o programa de Estágios de Pesquisa Científica e Experimental, o “Contra – Seminário Internacional – Condutas: Políticas da arquitetura e trabalho escravo na contemporaneidade” – ao mesmo tempo que incorpora e provoca indagações acadêmicas, jornalísticas e artísticas, projetando-se em direção ao debate público do tema e seus impactos na cidade, nas relações sociais, na ocupação do território, nos fluxos migratórios, nas políticas públicas e nas produções culturais.

No site do Contracondutas podem ser acessados diversos materiais que enriquecem a discussão sobre o tema do trabalho análogo ao escravo: http://www.ct-escoladacidade.org/contracondutas/

Exposição coletiva “Diagrama Contracondutas”

• Data: De 08 de abril a 13 de maio de 2017
• Dias e Horários: de segunda a sexta, das 10 às 20 horas; sábados, das 10 às 16 horas. Fechada nos dias: 21 e 22 de abril. Aberta no feriado 1 de maio, dia do trabalho.
• Local: Escola da Cidade | Rua General Jardim, 65 – Vila Buarque – São Paulo – SP
• Informações: Tel.: (11) 3258 8108 | www.escoladacidade.edu.br

Este evento foi enviado por um usuário de ArchDaily. Se você quiser, pode também colaborar utilizando "Enviar um evento". As opiniões expressas nos anúncios enviados pelos usuários archdaily não refletem necessariamente o ponto de vista de ArchDaily.

Cita: "Escola da Cidade organiza a exposição “Diagrama Contracondutas” sobre trabalho escravo" 20 Abr 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/869662/escola-da-cidade-organiza-a-exposicao-diagrama-contracondutas-sobre-trabalho-escravo> ISSN 0719-8906