O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Se seus irritantes colegas de trabalho fossem edifícios

Se seus irritantes colegas de trabalho fossem edifícios

Se seus irritantes colegas de trabalho fossem edifícios
Se seus irritantes colegas de trabalho fossem edifícios

A conexão aqui é simples e clara: colegas ruins, arquitetura ruim, par perfeito. Não é incomum arquitetos se inspirarem no corpo humano, mas considere estes oito exemplos o que seria se seus colegas de trabalho menos favoritos fossem reencarnados na forma de edifícios.

Adaptado da imagem. © <a href='https://www.flickr.com/photos/andrew_annemarie/14379631283/'>Flickr user andrew_annemarie</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0/'>CC BY-SA 2.0>
Adaptado da imagem. © Flickr user andrew_annemarie licensed under CC BY-SA 2.0>

Colega: Almeida, o conversador
Edifício: o edifício coberto de LED da sua vizinhança

Almeida é um cara doce, de verdade. Mas em certo ponto você preferiria que seu fluxo de trabalho não fosse interrompido por ele tentando começar uma conversa ou por seu falatório com outros colegas em altos decibéis. A perda de audição que você tem começado a reparar pode vir do fato de aumentar o volume de seu fone de ouvido no esforço de afastá-lo. Corta a cena e já está na hora de dormir para descansar após um longo dia de trabalho, afinal tudo que você precisa é umas horas de sono. Infelizmente o novo edifício da sua quadra está tentando impressionar com sua envoltória de LED, o brilho está piscando através de suas cortinas e é como lidar com Corey outra vez. Bons sonhos!

Adaptado da imagem. © <a href=‘https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Louvre_Abou_Dabi_-_vue_satellite_du_chantier.png'>Wikimedia user NASA</a> licensed under <a href='https://en.wikipedia.org/wiki/Public_domain'>United States Public Domain</a>
Adaptado da imagem. © Wikimedia user NASA licensed under United States Public Domain

Colega: Laura, a atrasada
Edifício: O Louvre de Abu Dhabi

Você nem se incomoda quando ela chega atrasada no trabalho, mas quando você e todo mundo chega na hora para reuniões e se deparam com o atraso de Laura para que possam começar, é permitido se sentir um pouco irritado. O Louvre de Abu Dhabi tem atrasado a data de sua inauguração por anos, e assim como Laura, nesse ponto te fazem pensar o por que você se preocupa em chegar na hora

Adaptado da imagem. © <a href='https://www.flickr.com/photos/aireos/15501008290'>Flickr user aireos</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'>CC BY 2.0</a>
Adaptado da imagem. © Flickr user aireos licensed under CC BY 2.0

Colega: Patrick, o pavão
Edifício : O Grand Lisboa em Macau

Sempre tem um colega de trabalho que não se toca. Pode apostar, você vai encontrá-lo se gabando para os novatos com uma falta de auto-consciência como nunca viu antes. Você se depara pensando como ele iria se sair na competição pelo patrocínio como uma das torres de cassino mais exibidas de Macau: o Grand Lisboa.

Adaptado da imagem. © <a href=‘https://www.flickr.com/photos/nola_agent/2727774955/'>Flickr user nola.agent</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.0/deed.en'>CC BY-NC-ND 2.0</a>
Adaptado da imagem. © Flickr user nola.agent licensed under CC BY-NC-ND 2.0

Colega: Beatriz, a que pede emprestado
Edifício: A Piazza d'Italia em New Orleans

Bia sempre está precisando de algo, o que é estranho porque parece que a única hora que ela deixa sua mesa é para te pedir uma caneta que ela pode ou não te devolver. Seu espaço de trabalho é uma mistura de suprimentos reunidos de todas as pessoas do escritório, não diferente da Piazza d'Itália de Charles Moore, que reuniu de maneira divertida uma infinidade de elementos renascentistas. 

Adaptado da imagem. © <a href=‘https://www.flickr.com/photos/yewenyi/285670789/'>Flickr user Brian Yap</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.0/deed.en'>CC BY-NC-ND 2.0</a>
Adaptado da imagem. © Flickr user Brian Yap licensed under CC BY-NC-ND 2.0

Colega: Paulo da promoção
Edifício: O Fang Yuan em Shenyang, China

Paulo conseguiu a promoção que você realmente queria, e agora ele não consegue parar de mencionar sua nova posição em cada conversa que você ouve. Definitivamente parece que ele está tentando se gabar da sua cara. Mesmo que ele não tenha mencionado o salário (ainda), está agindo horrivelmente como o edifício Fang Yuan de CW Lee, que assume a forma de uma antiga moeda chinesa e esquece de traduzi-la para algo um pouco mais... sutil. 

Adaptado da imagem. © <a href=‘https://www.flickr.com/photos/rogersg/12501363383/'>Flickr user George Rex</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.0/deed.en'>CC BY-NC-ND 2.0</a>
Adaptado da imagem. © Flickr user George Rex licensed under CC BY-NC-ND 2.0

Colega: Pacheco, o incoveniente
Edifício: O Walkie Talkie em London

Ah, o Pacheco. Quando ele vai aprender como conversar com seus colegas de trabalho sem fazer com que se sintam pequenos e incompetentes? Pode ser "a maneira que foi educado," mas isso não faz seu comportamento menos frustante. Suas atitudes te lembram como a torre Walkie Talkie de Rafael Viñoly se impõe em seu entorno, e seus raios acidentais mas ultra-poderosos que emanavam do edifício quando ele foi construído.

Adaptado da imagem. © <a href=‘https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ryugyong_Hotel_Pyongyang_02.JPG'>Wikimedia user Nicor</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/deed.en'>CC BY-SA 3.0</a>
Adaptado da imagem. © Wikimedia user Nicor licensed under CC BY-SA 3.0

Colega: Paula, aquela que fica apertando a caneta
Edifício: o Hotel Ryugyong em Pyongyang

A maioria de nós silenciosamente abre o facebook quando estamos entediados no trabalho. Paula parece não ter nada para se ocupar a não ser caneta que ela clica sem cessar. O Hotel de Pyongyang dolorosamente pontiagudo é quase tão desagradável como o barulho daquela caneta promocional.

Adaptado da imagem. © <a href=‘https://www.flickr.com/photos/fran001/12544635953/'>Flickr user Francisco Azola</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.0/deed.en'>CC BY-NC-ND 2.0</a>
Adaptado da imagem. © Flickr user Francisco Azola licensed under CC BY-NC-ND 2.0

Colega: Dominic, o bab*ca
Edifício: A Torre Doha em Qatar

Dominic, Dominic, Dominic. Não tem muito o que dizer aqui: quando se é um bab*ca, é um bab*ca e pronto. Ele roubou seu almoço hoje, e amanhã provavelmente vai jogar fora acidentalmente sua plotagem recém impressa para dar lugar à sua. O querido Dom é melhor representado por um dos edifícios mais fálicos que podemos encontrar: a Torre Doha.

Cita: Baranyk, Isabella. "Se seus irritantes colegas de trabalho fossem edifícios " [If Your Annoying Coworkers Were Indiscreet Buildings] 18 Abr 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/869253/se-seus-irritantes-colegas-de-trabalho-fossem-edificios> ISSN 0719-8906