Ampliar imagem | Tamanho original
Localizada em Zapopan, com um orientação leste-oeste, sobre um terreno de 170 m² e com 240 m² de área construída, o projeto conta com um programa atípico, mas comum em zonas de bairro no México: uso comercial no térreo e residencial no pavimento superior. Neste caso, o térreo será destinado a uma adega, razão pela qual foi considerado um pé-direito de 4 metros de altura, nivelada especialmente para o desnível da área de carga e descarga. Assim, a residência está num ponto mais alto que as casas vizinhas, ganhando uma boa quantidade de luz e ventilação natural. Além de transformar a cobertura num mirante do qual é possível observar os marcos da cidade como a Catedral de Guadalajara e o estádio Jalisco. A fachada foi feita de tijolos de barro vermelho por suas qualidades térmicas para isolar a residência, gerando um ótimo microclima. Além disso, as qualidades formais do tijolo geram uma retícula ordenada que cobre o volume e descansa sobre a viga de aço - elemento que divide horizontalmente o conjunto. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar