Ampliar imagem | Tamanho original
Em 2014, o centro de Manhattan recebeu seu primeiro edifício residencial super alto (mais de 300 metros), o One57 de Christian de Portzamparc. No ano seguinte, o 432 Park Avenue, de Rafael Viñoly Architects, superou a marca, confirmando a tendência de arranha-céus estreitos ao longo da borda sul do Central Park. Ao todo, pelo menos 10 projetos de grande altura foram planejados para a região, que recebeu o apelido de Billionaire's Row. Em resposta a esse fenômeno, o arquiteto Ioannis Oikonomou, do estúdio de arquitetura Oiio, propôs uma solução alternativa, chamada "The Big Bend", que levanta a seguinte questão: "E se nossos edifícios fossem longos em vez de altos?" A proposta prevê uma torre que, ao invés de continuar em direção ao céu, se curva sobre si mesma para criar um arco maciço e habitável. O edifício resultante se estenderia por 1.200 metros, tocando o solo em dois pontos distintos. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar