Ampliar imagem | Tamanho original
Rafael Aranda, Carme Pigem e Ramon Vilalta foram nomeados os vencedores do Prêmio Pritzker 2017. Seus projetos destacam a materialidade e as técnicas construtivas - fazendo intenso uso da cor, transparências e luz - e abrangem uma ampla gama de programas, de museus e teatros a escolas e residências. Os três arquitetos, todos catalães e originários de Olot, trabalham conjuntamente como RCR Arquitectes desde 1988 e se formaram em arquitetura pela ETSAV (Escola Tècnica Superior d’Arquitectura del Vallès) um ano antes. Esta 39ª edição do Pritzker é a primeira vez em que três arquitetos são premiados simultaneamente a apenas a segunda vez que o prêmio é concedido a algum arquiteto espanhol - a primeira vez que isso ocorreu foi com a premiação de Rafael Moneo em 1996. Sua relação profissional de quase três décadas tem demonstrado "um comprometimento inflexível com o lugar e suas narrativas", buscando criar espaços que estejam em discurso com seus respectivos contextos. Ao "harmonizar a materialidade com a transparência, Aranda, Pigem e Vilalta procuram conexões entre o exterior e o interior", resultando em uma arquitetura "emocionante e experiencial.” Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar