Colômbia poderá receber a primeira filial do Centro Pompidou na América Latina

Colômbia poderá receber a primeira filial do Centro Pompidou na América Latina

Serge Lasvignes, presidente do icônico Centro Pompidou, falou sobre os planos de expansão do centro cultural que completou 40 anos em janeiro, em uma entrevista para o jornal espanhol El País. Após inaugurar a primeira filial em Metz (2010) e realizar um "experimento bem sucedido" em Málaga (2015), o museu abrirá uma futura filial na Bélgica em 2018.

Alinhado com o plano de expansão de seu antecessor, Lasvignes comenta que Xangai poderá ser a próxima cidade a receber uma filial e que também há planos de expandir para a América Latina no futuro.

"interessa-me muito a Colômbia", disse Lasvignes. "É um país promissor e com muitos recursos, onde  os coletivos de artistas têm contribuído para pacificar a vida social."

Atualmente, o Centro Pompidou abriga a maior coleção de arte moderna da Europa. Sua inauguração em 1977 foi um marco histórico tanto pela singularidade da obra arquitetônica como pela missão atribuída pelo presidente da França - naquele momento, Georges Pompidou - que visava criar um lugar onde "as artes plásticas se mesclassem com a música, o cinema e os livros", convertendo-se em uma "central da descentralização".

Via El País, La Vanguardia.

Sobre este autor
Cita: Valencia, Nicolás. "Colômbia poderá receber a primeira filial do Centro Pompidou na América Latina" [Colombia podría ser la primera sede latinoamericana del Pompidou] 13 Fev 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/805098/colombia-podera-receber-a-primeira-filial-do-centro-pompidou-na-america-latina> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.