Ampliar imagem | Tamanho original
Passando pelo Alandroal, num território marcado por povoamentos dispersos e a proximidade da albufeira do Alqueva, chegamos ao Monte da Silva. A casa, caiada de branco, emerge no topo de uma pequena colina com vista para o outro lado da fronteira. Uma chaminé, algo desproporcionada, e uma cobertura em telha vermelha acentuam a silhueta da construção na paisagem. A proposta trabalhou em torno da ideia de reutilizar a casa existente e de construir um novo corpo de apoio. A intervenção centrou-se na adaptação da casa existente mantendo a sua identidade espacial e formal.  O projecto tem origem na leitura da evolução da casa existente: uma casa simples de duas águas construída em duas fases. A proposta final (C) desenvolve uma relação de continuidade com o existente. À casa principal é acrescentado um novo corpo rebocado a branco e coberto com telha vermelha. Dois pátios e um terreiro exterior estabelecem a mediação com a paisagem envolvente. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar