Ampliar imagem | Tamanho original
Dois eixos paralelos e longitudinais ao terreno, desenham a implantação da casa. No primeiro, o bloco principal em tijolo aparente, de linguagem mais robusta, configura o programa essencial da casa. No segundo, uma leve marquise metálica em balanço, cobre a garagem e se desenvolve ao longo do terreno até abrigar a área de lazer nos fundos do lote. Eixos complementares e não redundantes uma vez que são trabalhados com linguagens distintas e equilibradas. O limite que une os dois eixos, desenha a circulação e distribuição da casa, tanto no pavimento térreo como no superior. A organização interna reflete as características desses elementos: os espaços sob a marquise são essencialmente abertos, enquanto o interior do volume, compartimentados. O único momento em que se inverte essa lógica, ocorre no encontro da caixa de escada, que invade o espaço da marquise seguida por uma grande janela que se abre para a paisagem. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar