Ampliar imagem | Tamanho original
O cliente pediu uma casa para uma família de quatro pessoas numa fazenda na savana. O terreno possui 1 hectare e está situado na zona de influência de Roodeplaat Dam e requer um foco sensível à implantação do edifício, que é construído como pavilhões entre as árvores existentes. Os quatro pavilhões, para viver, dormir, distribuição de serviços e hóspedes, se unem para formar uma unidade. Os pavilhões formam pátios para conviver entre eles. A casa consta de três elementos conceituais: A cobertura emula o plano horizontal dos espinheiros das árvores de acácia. Em segundo lugar, o "formigueiro" possui duas chaminés como faróis na paisagem. Por último, a parede de pedra com uma borda dentada que emula o klip kopje das paisagens. O pé-direito é mínimo para criar espaços acolhedores, assim como para garantir baixo impacto visual sobre o entorno natural. A estrutura básica da casa é de aço. Para evitar o superaquecimento no verão e perda de calor no inverno, um forro de ripas de madeira é criado na cobertura. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar