Ampliar imagem | Tamanho original
Desde os primórdios da história, a arquitetura "pública" - a arquitetura construída por instituições religiosas e de Estado, serviu como uma ferramenta na formação da consciência das massas. Suas enormes dimensões, o layout dos espaços e a escolha dos materiais, tudo feito com o objetivo de criar no espectador e no visitante uma sensação de movimento entre as dimensões - desde o cotidiano, o simples e o frequentemente inferior - a um lugar que é sublime, inspirador e majestoso - casas para aqueles criados para o privilégio, os representantes de Deus na Terra. Os faraós no antigo Egito, influenciados pelo Nilo, que flui de forma linear, projetaram seus templos como uma experiência física volumosa. No caminho, os visitantes do templo passam por longos trechos que se tornam mais complicados e cada vez mais profundos, passando por espaços onde cada um deles expõe uma pista para o próximo, e onde cada transição parece levá-lo para mais perto do magnífico e do chocante, que apenas os favorecidos poderão ver. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar