Ampliar imagem | Tamanho original
O relevo do terreno foi decisivo. Como nas costas portuguesas e genovesas era importante desenhar um projeto que pudesse casar com a topografia acidentada do local e dar lugar a um edifício em seu declive. Dedicado à preservação de uma coleção única de postais, este centro cultural se desdobra através de cinco volumes idênticos. A inclinação formal da estrutura destaca a distribuição funcional dos cinco espaços, que formam a área de exposições, o auditório, o fórum e os níveis da biblioteca. Cada volume se conecta através de um ângulo de 20 graus em relação ao anterior, liberando uma série de espaços ao ar livre e permitindo que todas as áreas interiores se beneficiem da luz natural e incríveis vistas. Para uma perfeita integração com a paisagem, o edifício possui o mesmo gabarito que seus vizinhos. Além disso, o projeto se adapta discretamente a seu entorno graças a seus volumes em forma de "cascata" e a superposição de seus tetos verdes. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar