Ampliar imagem | Tamanho original
Antes de começar a projetar, o mais importante é entender como a cozinha será utilizada. Este é o enfoque básico que qualquer arquiteto deve ter, porque a cozinha não pode ser um espaço residual, ou simplesmente um espaço que se definirá automaticamente ao final do projeto; deve-se entender que a cozinha possui fluxos e distintas áreas de trabalho e isso deve ser levado em conta desde o início do projeto. Mas além do estilo ou do desenho requerido pelo cliente, é importante definir certa modulação que permita otimizar seu rendimento e assim minimizar os custos de fabricação de seus diferentes elementos. Deste modo, as medidas de todos os componentes de uma cozinha devem ser entendidas e interiorizadas antes que o espaço que os abrigará seja definido. + Áreas de Trabalho e Fluxos Uma série de estudos define 5 zonas gerais para a cozinha: Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar