Ampliar imagem | Tamanho original
Há pouco mais de um século, a ideia de ver o mundo de cima não passava de fantasia: o avião ainda estava em sua infância e foguetes e satélites só seriam realidade décadas mais tarde. Aqueles que não tinham acesso às alturas não tinham outra opção além do desenho para representar o mundo de uma perspectiva aérea. Esta limitação é difícil de imaginar hoje em dia, quando o acesso a fotografias aéreas nunca esteve tão fácil. Qualquer pessoa com um smartphone tem, nesse sentido, o mundo inteiro em seu bolso.  O que podemos fazer com este poder? Ao nos tornarmos uma civilização capaz de reproduzir estas bases de dados, alteramos cada vez mais a Terra para atender às nossas necessidades. As imagens reproduzidas por satélites não refletem a natureza intocada: cidades e rodovias se espalham por toda a parte, ocupando e maculando paisagens diversas; uma clara indicação visual do impacto cada vez mais profundo causado pela humanidade no planeta.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar