Ampliar imagem | Tamanho original
O terreno no campus KTH, com o seu contexto cultural e histórico muito concreto e suas limitações físicas, poderia ser descrito como o oposto de uma lousa em branco. A nova escola é inserida em um pátio existente, com as vias existentes, e está localizado ao lado dos monumentais edifícios de tijolos feitos por Erik Lallerstedt no início do século XX. Com base na lógica de um campus livre que incentiva movimento, a ideia é acomodar e incentivar a circulação dentro do edifício e em seus arredores a fim de integrar completamente a nova escola na universidade. Com seus contornos arredondados e um total de seis pavimentos, o edifício inclui um jardim submerso e um terraço no telhado, enquanto se cultiva o caráter do pátio como um espaço contínuo. O exterior de aço corten vermelho escuro relaciona-se com o tijolo vermelho escuro dos edifícios existentes. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar