Ampliar imagem | Tamanho original
O escritório Kengo Kuma & Associates foi selecionado para substituir Zaha Hadid Architects no projeto do novo Estádio Nacional de Tóquio, principal equipamento das Olimpíadas de Tóquio 2020. A proposta de Kuma foi divulgada juntamente com outro projeto, de Toyo Ito, após a proposta original de Zaha Hadid ter sido descartada este ano. Segundo o The Japan Times, o projeto de Kuma venceu por pouco o de Ito baseado em nove critérios de seleção do Conselho Desportivo do Japão, tendo recebido 610 pontos contra 602 de seu rival. Respondendo às questões de escala e custo que fizeram cair a proposta de Hadid, o novo projeto terá menos de 50 metros de altura e custará ¥153 bilhões, comparados aos 70 metros e ¥252 bilhões do esquema recusado.  As reações ao novo projeto foram diversas: O Japan Times  cita o arquiteto e crítico Takashi Moriyama, que comentou que a estrutura de madeira e a vegetação incorporada na nova proposta "são boas ideias" para a área, além de ter dito que tanto o projeto de Kuma como o de Ito "podem impactar globalmente a arquitetura" graças ao uso de estruturas de madeira em grandes equipamentos. No entanto, o periódico também  comenta que o novo projeto tem foi apelidado de "hambúrguer" nas redes sociais japonesas.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar