O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. O julgamento da arquitetura através de fotografias editadas: até onde pode ir o Photoshop?

O julgamento da arquitetura através de fotografias editadas: até onde pode ir o Photoshop?

O julgamento da arquitetura através de fotografias editadas: até onde pode ir o Photoshop?
O julgamento da arquitetura através de fotografias editadas: até onde pode ir o Photoshop?, El Centro. Imagem © flickr user jkz,  CC BY-SA 2.0
El Centro. Imagem © flickr user jkz, CC BY-SA 2.0

Quanto de edição é aceitável em fotografias de arquitetura? E se estas imagens alteradas forem a base para o julgamento em concursos e prêmios? O crítico de arquitetura do Chicago Tribune, Blair Kamin, explora estas questões em sua coluna após uma fotografia alterada ter feito o Departamento de Chicago do AIA conceder um prêmio de excelência a um projeto. O edifício em questão, o campus El Centro da Universidade de Illinois, projetado por Juan Moreno, foi um dos cinco vencedor do prêmio de honra, o nível mais alto de reconhecimento. Porém, uma das fotografias enviadas ao júri havia sido digitalmente alterada pelo fotógrafo para remover uma proeminente sequência de dutos de ar na cobertura que comprometia uma das melhores vistas do edifício.

É certo que nenhuma mídia bidimensional, seja fotografias ou desenhos, poderá representar completamente a experiência espacial tridimensional de um edifício, no entanto, Kamin afirma que a fotografia de arquitetura deveria ser um pouco honesta. Por outro lado, Kamin nota que o AIA National Awards exige que ao menos um jurado visite as obras finalistas, ao passo que o júri do Prêmio Pritzker viaja extensivamente para visitar os edifícios dos potenciais nomeados. Reconhecendo que a maior parte das premiações não pode ser comparada aos padrões do Pritzker, ele propõe um novo padrão: "Fotógrafos que mascaram a realidade de um edifício ou omitem perspectivas importantes serão considerados fora dos padrões éticos e ocasionarão a desclassificação do projeto."

Leia a coluna de Kamin e veja as fotografias editadas aqui.

Sobre este autor
David Douglass-Jaimes
Autor
Cita: Douglass-Jaimes, David. "O julgamento da arquitetura através de fotografias editadas: até onde pode ir o Photoshop?" [Judging Architecture by Altered Photos: Has Photoshop Gone Too Far?] 24 Dez 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/779162/o-julgamento-da-arquitetura-atraves-de-fotografias-editadas-ate-onde-pode-ir-o-photoshop> ISSN 0719-8906