Ampliar imagem | Tamanho original
No século XIX, as mulheres começaram a usar a bicicleta como meio de transporte de modo muito mais intenso, e com isso passaram a superar os preconceitos impostos pelos outros quanto ao seu uso. Assim nasceu uma relação que tornou possível uma libertação dos papéis estabelecidos pela sociedade na época, permitindo democratizar a mobilidade pela cidade e ampliar o escopo de atividades nas quais as mulheres poderiam se envolver e também organizar. Neste artigo apresentamos três mulheres que desempenharam papéis pioneiros nos EUA quanto à reivindicação das bicicletas.  Annie “Londonderry” Kopchovsky Dar a volta ao mundo em 15 meses e ganhar 5 mil dólares foi a aposta feita por dois homens em Boston e que Annie Kopchovsky decidiu provar que poderia ser realizada por uma mulher. O ano era 1894 e foi assim que começou a viagem que a levou a pedalar por Nova Iorque e Chicago, onde implementou uma campanha de publicidade muito inovadora para a época, que consistia em carregar cartazes da marca de água Londonderry Lithia em suas costas, fato que a fez ficar conhecida como "Londonderry ". Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar