Ampliar imagem | Tamanho original
O programa propõe um novo skate park como uma praça para os skates. O projeto trabalha nos limites do âmbito de atuação, aproveitando as mudanças de nível e a contenção dos taludes para colocar todos os elementos patináveis. Estes se configuram como paredes, planos inclinados, escadas, grades, plataformas, bancos, que se relacionam entre eles com uma linguagem comum e não como objetos isolados. O objetivo principal foi o de desfazer parcialmente a imagem habitual de grandes elementos duros impostos a um espaço aberto sem sombras, fazendo com que a vegetação do entorno tenha continuidade e contato direto com a nova instalação. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar