Ampliar imagem | Tamanho original
Não são muitos os trabalhos que começam como este aqui, com uma lista das vontades e esperanças dos donos para sua casa nova. Uma lista, muito mais próxima dos princípios e valores que arquitetos normalmente trabalham, frequentemente em segredo, que as expectativas comuns de casais que enfrentam este desafio desconhecido. Listas são sempre repletas de boas intenções, mas frequentemente incompletas. Esse foi o ponto de partida, repleta de responsabilidade, ainda sim, um excelente começo.  O terreno, localizado na área residencial de Sant Cugat, próximo a Barcelona, tinha bons atributos suficientes para se tornar eixo estruturador do projeto. Um dos objetivos principais era alcançar uma relação próxima entre a casa e o jardim de tal maneira que ambos se tornassem a expansão um do outro. Tudo isso, sem cair nos inevitáveis grandes painéis envidraçados, muitas vezes fora de proporção: eles queriam paredes, e nós também. Uma casa com paredes em um jardim de um casal de colecionadores de arte. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar