O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Paraguai
  5. Lukas Fúster
  6. 2012
  7. Residência-Ateliê Las Mercedes / Lukas Fúster

Residência-Ateliê Las Mercedes / Lukas Fúster

  • 19:00 - 26 Agosto, 2015
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Residência-Ateliê Las Mercedes / Lukas Fúster
Residência-Ateliê Las Mercedes / Lukas Fúster, © Lauro Rocha
© Lauro Rocha

© Lauro Rocha © Lauro Rocha © Lauro Rocha © Lauro Rocha + 26

© Lauro Rocha
© Lauro Rocha

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto da Residência Las Mercedes consistiu em intervir em uma casa 'chorizo' (tipologia de moradia paraguaia onde todos os cômodos estão unidos entre si e, além disso, vinculam-se com o espaço intermediário comum que é a galeria). Esta tipologia permite que os espaços sejam polivalentes ampliando a diversidade de usos na construção.

© Lauro Rocha
© Lauro Rocha

A proposta adota esta interconexão espacial a ampliando as aberturas entre os espaços e suas alturas, gerando somente um espaço separado virtualmente pela preexistência. 

© Lauro Rocha
© Lauro Rocha

O estado em que se encontrava a moradia, construída nos anos 40 aproximadamente, era bastante deplorável por causa da umidade criada através de numerosas goteiras e pela cobertura que beirava o colapso através da presença de cupins no madeiramento. 

Planta
Planta

A intervenção deveria ser feita com um orçamento mínimo (3 vezes menos que o preço de referência por m²) o qual implicava em recuperar materiais, reutilizar todo o existente e introduzir materiais econômicos e reciclados. 

© Lauro Rocha
© Lauro Rocha

O primeiro passo foi desmanchar a cobertura de telhas com cuidado para recuperar ao máximo toda a estrutura (partes não afetadas). Eliminou-se o reboque em toda a obra, menos na fachada, para permitir que as paredes respirem e também foram demolidas partes das paredes interiores deixando a estrutura aparente. As aberturas foram recuperadas em sua totalidade, além de alguns pisos. As instalações foram feitas novamente, externas, para não danificar as paredes existentes. 

Corte
Corte

A nova cobertura foi colocada de maneira tradicional, com telhas, exceto pelo fato de que forma uma meia paraboloide (foi mantida a altura dos tirantes, mas o apoio/cumeeira foi colocado em forma ascendente até 1,60 + da altura original), um gesto que permite ampliar a altura da casa, introduzir luz natural e criar um entrepiso e acesso a um terraço/horta exterior; sem perder a espacialidade da casa original.  

© Lauro Rocha
© Lauro Rocha

Esta estratégia construtiva foi feita por meio de uma "viga" com seção variável que faz a união entre o ripamento e os tirantes. Esta também permite introduzir luz indireta ao separar a cobertura das paredes originais. 

Esquema
Esquema

O grande espaço criado, onde ocorre todo o programa da moradia (cozinhar +  comer + trabalhar + descansar + dormir + banhar-se) está dividido somente por uma parede giratória de pallets reciclados de  2,40 x 2,60 que contém a TV para otimizar a polivalência do espaço.

© Lauro Rocha
© Lauro Rocha

Anexo a antiga casa, foi construído um espaço que contém os serviços higiênicos, banheiro e um estúdio/atelier. Este espaço é construído com medidas ditadas pela preexistência mas, de maneira contemporânea. A cobertura é uma laje de concreto que funciona como terraço/horta, as paredes e o piso exterior são de tijolos reutilizados da demolição, os vidros são recuperados de outras edificações, e o único pilar de apoio foi feito com madeira da demolição através de um sistema construtivo que comprime a madeira por meio de uma haste de 16 milímetros protendida por duas espécies de concreto armado.

© Lauro Rocha
© Lauro Rocha

O resultado final é uma "casa chorizo" com espacialidades adequadas a uma forma de vida contemporânea sem descartar o genius loci preexistente na construção e na paisagem circuncidante. 

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Lukas Fúster
Escritório
Cita: "Residência-Ateliê Las Mercedes / Lukas Fúster" [Casa-Taller Las Mercedes / Lukas Fúster] 26 Ago 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/772465/residencia-atelier-las-mercedes-lukas-fuster> ISSN 0719-8906