O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Eventos
  3. Encontros USINA 25: Evento na Matilha Cultural discute o filme Capacetes Coloridos

Encontros USINA 25: Evento na Matilha Cultural discute o filme Capacetes Coloridos

  • 18:00 - 4 Agosto, 2015
Encontros USINA 25: Evento na Matilha Cultural discute o filme Capacetes Coloridos
Encontros USINA 25: Evento na Matilha Cultural discute o filme Capacetes Coloridos, Cortesia de USINA CTAH
Cortesia de USINA CTAH

O terceiro encontro do Projeto USINA 25 será dedicado à exibição e debate do filme Capacetes Coloridos (2007). Ao traçar um paralelo entre o canteiro de obras da ampliação do campus da USP Leste e o canteiro do mutirão autogerido da Associação Paulo Freire (ligada ao Movimento dos Trabalhadores Sem Terra Leste 1 de São Paulo), o documentário traz à tona uma série de questões sobre o fazer arquitetônico na periferia do sistema capitalista.

Após a exibição do filme, haverá um debate com a participação de Paula Constante (diretora), Tiarajú Pablo D'Andrea (compositor da trilha sonora original e colaborador no argumento do filme) e Cristiane Lima (liderança do movimento de moradia e uma das mutirantes entrevistadas no filme). A conversa será mediada pelo cientista social Sandro Barbosa.

A seguir, as informações detalhadas do evento:

Capacetes coloridos: exibição e debate após o filme

  • com Paula Constante, Tiarajú Pablo D'Andrea, Cristiane Lima e Sandro Barbosa (mediação)
  • Sábado, 08/08 às 17h.
  • Matilha Cultural. Rua Rego Freitas, 542, São Paulo-SP. Próximo ao Metrô República.

O evento é gratuito e não é necessário fazer inscrição. Para acompanhar as próximas ações do Projeto USINA 25, deixe seu email aqui.

SOBRE O PROJETO USINA 25

Fundada em 1990 por profissionais de diversos campos de atuação como uma assessoria técnica a movimentos sociais, a USINA - Centro de Trabalhos para o Ambiente Habitado tem atuado no sentido de articular processos que envolvam a capacidade de planejar, projetar e construir pelos próprios trabalhadores, mobilizando fundos públicos em um contexto de luta pelas reforma urbana e agrária.

A equipe da USINA tem a intenção de superar a produção autoral e estritamente comercial da Arquitetura e do Urbanismo e busca, para tanto, integrar e engendrar processos alternativos à lógica do capital através de experiências sociais, espaciais, técnicas e estéticas contra-hegemônicas.

Em 2015, a USINA completou 25 anos de atuação. Visando preservar e ativar a memória dos principais processos desenvolvidos pela USINA nesse período, a atual equipe da assessoria deu início ao Projeto USINA 25 - Arquitetura como prática política.

Cortesia de USINA CTAH
Cortesia de USINA CTAH

Nesse contexto, alguns pesquisadores externos foram convidados a iniciarem um processo de pesquisa visando a criação de um documentário baseado no material de arquivo da assessoria e em entrevistas com técnicos, lideranças de movimentos sociais e mutirantes envolvidos nos principais processos desenvolvidos pela USINA.

Tendo como fio condutor a trajetória da USINA, este documentário visa situar a relevância histórica e as contribuições originais de arquitetos/as, cientistas sociais e profissionais de outros campos de atuação que se colocaram a serviço da efetivação do direito à moradia e do direito à cidade através de processos desenvolvidos junto a movimentos sociais – quer seja nos projetos desenvolvidos em conjunto com os futuros moradores, na inovação tecnológica e produtiva, nos processos de educação popular ou na organização do trabalho no canteiro de obras.

Por meio de exemplos concretos, pretende-se: 1) demonstrar que há espaço para o desenvolvimento de propostas com alta qualidade técnica e arquitetônica no âmbito da habitação de interesse social; 2) contar parte da história da luta por moradia e pela reforma urbana no Brasil e 3) abordar criticamente o papel das políticas públicas relacionadas à provisão habitacional no país.

Para tanto, a equipe envolvida na produção do documentário planeja abordar algumas das experiências mais significativas desenvolvidas pelos profissionais que passaram pela USINA, a exemplo do COPROMO, do Mutirão União da Juta e do Mutirão Paulo Freire – construídos em São Paulo (SP) –, do projeto da Cidade da Reforma Agrária – feito a convite do MST para o Assentamento Ireno Alves dos Santos, em Rio Bonito do Iguaçu (PR) – e do projeto de Reassentamento da Comunidade do Piquiá de Baixo – em Açailândia (MA).

Como parte deste processo, serão realizados diversos encontros públicos para tratar de temas que dizem respeito à atuação da USINA nos últimos 25 anos. Para acompanhar a programação, acesse a página do Projeto USINA 25 no Facebook.

SOBRE OS CONVIDADOS

PAULA CONSTANTE - É diretora de cinema pela Academia Internacional de Cinema, tendo dirigido o filme "Capacetes Coloridos" (2007). Além disso, é mestre em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU USP), onde também cursou a graduação em Arquitetura e Urbanismo.

TIARAJÚ PABLO D'ANDREA - É sociólogo e músico. Trabalhou na USINA CTAH entre 2006 e 2009, tendo atuado como educador popular no Mutirão Paulo Freire (Cidade Tiradentes, São Paulo - SP). A partir desta experiência, compôs a trilha sonora do documentário “Capacetes Coloridos” (2007), que resultou no CD homônimo. Pela USINA, Tiarajú também trabalhou nas favelas Real Parque e Jardim Panorama. A partir dessa experiência, desenvolveu a pesquisa de mestrado: “Nas Tramas da Segregação: O Real Panorama da Pólis”, em 2008, no Departamento de Sociologia da USP. Em 2013 defendeu sua tese de doutorado: “A formação dos sujeitos periféricos: cultura e política na periferia de São Paulo”, também pelo Departamento de Sociologia da USP. Em 2015 lançou seu segundo CD, “Latinoamerisamba”.

CRISTIANE LIMA - É coordenadora da União dos Movimentos de Moradia (UMM). Foi mutirante e coordenadora do Mutirão Paulo Freire, o primeiro grupo do movimento popular a assinar o contrato para uma obra em autogestão desde o final da gestão Luiza Erundina, em 1992.

SANDRO BARBOSA - É cientista social pelo Centro Universitário Fundação Santo André (CUFSA) e mestre em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Paulo, Campus Guarulhos (UNIFESP). Concluiu em julho de 2011 o curso de extensão e especialização em Economia Solidária e Tecnologia Social na América Latina na Pós-Graduação do Instituto de Geo-Ciências da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atua na área de Educação Popular da USINA CTAH.

  • Título

    Encontros USINA 25: Discussão do filme Capacetes Coloridos
  • Organizadores

  • De

    08 de Agosto de 2015, 17:00
  • Até

    08 de Agosto de 2015, 19:00
  • Onde

    Matilha Cultural
  • Endereço

    Rua Rêgo Freitas, 542 - República, São Paulo - SP, 01220-010, Brasil
Cita: "Encontros USINA 25: Evento na Matilha Cultural discute o filme Capacetes Coloridos" 04 Ago 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/771320/encontros-usina-25-evento-na-matilha-cultural-discute-o-filme-capacetes-coloridos> ISSN 0719-8906