O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Instalação
  4. Chile
  5. Nicolás Urzúa Soler
  6. 2015
  7. 'Tu Reflexión', proposta vencedora do YAP_Constructo 2015 / Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler

'Tu Reflexión', proposta vencedora do YAP_Constructo 2015 / Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler

'Tu Reflexión', proposta vencedora do YAP_Constructo 2015 / Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler
'Tu Reflexión', proposta vencedora do YAP_Constructo 2015 / Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler, Cortesia de Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa
Cortesia de Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa

A proposta "Tu Reflexión", dos arquitetos chilenos Guillermo Hevia García e Nicolás Urzúa Soler, foi anunciada como vencedora do concurso privado YAP_CONSTRUCTO 2015, uma das cinco versões do YAP (The Young Architects Program), uma parceria anual entre o Museu de Arte Moderna e o MoMA PS1 que "fomenta a pesquisa relacionada a projetos inovadores e promove o talento emergente".

Nesta ocasião, apresentaremos em detalhes o projeto ganhador que busca, segundo os autores, "construir uma experiência incerta, uma situação de estranhamento, da qual não pretendemos ter o controle", esperando que "o visitante esteja na expectativa do que lhe será apresentado no próximo espaço". 

Conheça a proposta a seguir.

Cortesia de Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa
Cortesia de Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa

Nota do Editor: os números entre parêntesis no texto do memorial descritivo faz menção às referências artísticas presentes nas pranchas adjuntas. 

Dos arquitetos. Não sabemos com clareza se "tu reflexión" é uma experiência, uma ilusão, uma paisagem, um lugar, um objeto, uma tentativa de construção surrealista, uma aproximação artística ou uma mistura de tudo. Esta posição instável ou de incerteza - o estar a frente de algo que é difícil de se classificar - mas que é capaz de interpelar o visitante, e devolver à ele o que dá "sentido ao projeto" nos seduz (1).

"A incerteza é uma posição desconfortável. Mas a certeza é uma posição absurda."
- Voltaire

Queríamos construir uma experiência incerta, uma situação de estranhamento da qual não pretendíamos ter o controle, já que as possibilidades de reflexão e deformação provocadas pelos planos bidimensionais côncavos e convexos de aço espelhado são infinitas, na medida em que nos movemos através deles (2).

Queremos que o visitante esteja na expectativa do que lhe será apresentado no próximo espaço

O projeto tem seu ponto de partida nas duas definições da palavra reflexão: por um lado a reflexão ótica literal, (deformada e multiplicada) no sentido físico do fenômeno [A] e por outro, a reflexão de ordem mental [B] ao ver-se refletido/deformado no projeto, fazendo com que esta dualidade crie um certo estado de introspecção (3).

Cortesia de Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa
Cortesia de Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa

Precisamente, dessa dupla condição, sensorial e mental, surge o nome da proposta "Tu Reflexão", onde o pronome pessoal "tu" faz referência ao fato de que o projeto existe a medida em que o visitante se encontra nele e com ele, e o projeto então, é capaz de produzir algo neste visitante. Sem esta testemunha, "o projeto" não existiria (4).

Não trata-se somente de ver a obra, mas sim de permitir que ela o rodeie, o envolva, para que você passe a formar parte dela, e que ela passe a formar parte de você, de uma forma passiva ou ativa, segundo nossas próprias capacidades de observação e reflexão. 

A materialização dessa experiência é obtida através de duas operações:

A primeira é a definição de um suporte ou topografia, uma paisagem de montanhas suaves, saturadas de pasto e vegetação macia, colorida por uma infinidade de flores silvestres diferentes (5), e que, além de tudo, é atravessada por um pequeno córrego passível de ser cruzado com um pulo. Esta paisagem é trazida de um lugar imaginário, que poderia ser uma pradaria silvestre ou o instante de alguma pintura de Alfred Sisley (6). Acreditamos que a inclinação natural (artificial) e macia é um dos lugares mais agradáveis para caminhar, sentar, descansar ou relaxar.

Cortesia de Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa
Cortesia de Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa

A segunda operação é a inserção de três planos bidimensionais de aço espelhado que constroem uma série de espaços interiores e exteriores, esfumaçando os limites, desaparecendo, deixam que seu entorno refletido seja o verdadeiro projeto. 

Estes elementos se configuram e se estruturam através de uma abundância de concavidades e convexidades que lhe permitem se auto-suportar e manter-se em pé no mesmo horizonte de 3,20 m com somente 40 mm de espessura (7), quase sem elementos fixados no solo, somente nos pontos mínimos que permitem a construção.

É a relação entre estes planos bidimensionais que configura um volume assimétrico, quase desarticulado, onde não nos interessa a construção da forma propriamente, mas sim, a interação entre os planos espelhados, as curvas e as contracurvas onde multiplicamos a quantidade de situações refletidas e deformadas, de maneira a produzir uma interação pertencente a um mundo de ilusões, mais surreal do que real, dado que na natureza não existe reflexão vertical (8).

Cortesia de Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa
Cortesia de Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa

Como acontece no Palacio del Alba y el Ocaso (9), não existem elementos horizontais de cobertura. A luz a sombra se configuram e se projetam sobre o solo pela incidência no plano vertical. A proximidade dos planos deverá sombrear as colinas durante a maior parte do dia, criando um ambiente quente, que é refrescado pelo som e pela presença do córrego que atravessa a paisagem.

José Antonio Coderch empregou, de maneira admirável, o mesmo recurso de planos verticais e sombras projetadas para configurar e sombrear o terraço da ampliação do edifício da ETSAB (10) que realizou entre 1980 e 1984, em Barcelona.

Cortesia de Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa
Cortesia de Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa

As curvas, contracurvas e o fato de que em muitos momentos os elementos se encontram em diferentes distâncias, criarão um universo de reflexões, multiplicações e deformações como se estivéssemos em alguma pintura de René Magritte (11) ou vendo alguns retratos de Francis Bacon (12). Esta experiência é obtida a medida em que entramos ao projeto e o nosso grau de proximidade varia, nos aproximamos, nos afastamos. Estas situações se intensificam quando mais corpos se movem por este lugar, criando coreografias de cores e movimentos que se multiplicarão de maneira infinita.  

Queríamos mudar o centro da proposta do objeto para a experiência do sujeito - a interação deste e outros - e como seu contexto se refletirá e se deformará com ele e frente a ele. Não pretendemos, finalmente, construir uma proposta fechada, mas articular um universo de sensações e experiências abertas onde muitas coisas podem acontecer. 

[A] RAE 1. f. Fís. Mudança de direção ou de sentido da luz, do calor ou do som quando há um obstáculo.
[B] RAE 2. f. Pensamento ou consideração de algo com atenção para estudá-lo ou compreende-lo bem.

Cortesia de Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa
Cortesia de Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa
  • Arquitetos

  • Localização

    Araucano Park, Las Condes, Las Condes, Santiago, Chile
  • Colaboradores

    Cristian Fuhrhop, Felipe Droppelmann, Cristóbal Montalbetti e Diego Rivera
  • Cliente

    Constructo
  • Ano do Projeto

    2015

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Cita: Valencia, Nicolas. "'Tu Reflexión', proposta vencedora do YAP_Constructo 2015 / Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler" ['Your Reflection', propuesta ganadora del YAP_Constructo 2015 / Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler] 22 Jul 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/770393/your-reflection-proposta-vencedora-do-yap-constructo-2015-guillermo-hevia-garcia-plus-nicolas-urzua-soler> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.