O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Segundo lugar no concurso Operação Urbana Consorciada Água Branca / Figueroa.ARQ

Segundo lugar no concurso Operação Urbana Consorciada Água Branca / Figueroa.ARQ

Segundo lugar no concurso Operação Urbana Consorciada Água Branca / Figueroa.ARQ
Segundo lugar no concurso Operação Urbana Consorciada Água Branca / Figueroa.ARQ, Lago/reservatório. Image Cortesia de Figueroa.ARQ
Lago/reservatório. Image Cortesia de Figueroa.ARQ
  • Arquitetos

  • Localização

    Água Branca
  • Autores

    Mario Figueroa, Luciano Margotto, Letícia Tamisari, Carlos E B Garcia, Thiago Vita, Pedro Coltro
  • Paisagismo e mobilidade urbana

    Rebecca Emmons e Tomás Echiburú
  • Ano do projeto

    2015

Apresentamos a seguir o projeto premiado com o segundo lugar no concurso para a Operação Urbana Consorciada Água Branca, de autoria do escritório Figueroa.ARQ. O concurso teve abrangência nacional e foi promovido pelo São Paulo Urbanismo – SP Urbanismo e o Departamento de São Paulo do Instituto de Arquitetos do Brasil – IAB-SP.

Patio das quadras. Image Cortesia de Figueroa.ARQ Parque e praça de eventos. Image Cortesia de Figueroa.ARQ Alameda e ciclovia central. Image Cortesia de Figueroa.ARQ Largo do mercado. Image Cortesia de Figueroa.ARQ + 12

Este concurso para o Plano de Urbanização do Subsetor A1 da Operação Urbana Água Branca é uma grande oportunidade para não somente servir como fórum de debates mas também para dar início a um processo de transformação da Marginal Tietê, suas margens e entorno, territórios negligenciados que hoje se constituem num importante cenário de oportunidades.

Patio das quadras. Image Cortesia de Figueroa.ARQ
Patio das quadras. Image Cortesia de Figueroa.ARQ

PREMISSAS

A proposta considera como premissas básicas os seguintes pontos:
[1] o Parque e as Áreas Verdes serem no mínimo 40% da área do território,
[2] o Traçado Viário ser um dado técnico importante,
[3] Promover habitação digna em uma região com baixíssima densidade demográfica e urbanidade
[4] Promover a associação de importantes equipamentos públicos associados a uma significativa
quantidade de novas unidades de habitação.

Vista nordeste. Image Cortesia de Figueroa.ARQ
Vista nordeste. Image Cortesia de Figueroa.ARQ

HIPÓTESES

A proposta considera algumas hipóteses:

[1] Desenhar pelas Infraestruturas transformando Parque e Áreas Verdes em estruturas híbridas que também incorporem estratégias de drenagem não convencionais associadas a um sistema de áreas livres,

[2] Projetos de habitação de interesse social devem ser difundidos pela cidade com escalas controladas: nem muito ínfimas, nem muito grandes, garantindo assim singularidade e linguagem diversificada, própria da cidade. É fundamental alcançar a dimensão humana e a construção de uma vida comunitária, com sentido de lugar.

Alameda e ciclovia central. Image Cortesia de Figueroa.ARQ
Alameda e ciclovia central. Image Cortesia de Figueroa.ARQ

[3] Deve-se gerar valor agregado através de agrupamentos de moradia com bom desenho e boa qualidade urbanística e arquitetônica que construam a cidade, os bairros e comunidades estáveis: É necessário construir apego ao lugar e criar vínculos e relações de vizinhança, rompendo com a ideia de precariedade e transitoriedade da habitação social.

[4] Para a construção da vida urbana e da urbanidade é proposto o retorno aos valores essenciais de uma cidade humana: a praça, o largo, a rua, o parque, a alameda, a lojinha, o restaurante, o boteco de esquina, a vida de bairro e a comunidade. Portanto o vazio, o espaço comunitário, os espaços de encontro, o espaço não construído, é tão ou mais importante que os edifícios.

Largo do mercado. Image Cortesia de Figueroa.ARQ
Largo do mercado. Image Cortesia de Figueroa.ARQ

[5] Participação coletiva da comunidade. Proposta de participação coletiva como meio de preparação para se viver numa “comunidade urbana”. Escutar as vontades dos usuários como mecanismo de aprimoramento das soluções para estes conjuntos urbanos. Implementa-se essa ideia a partir de workshops de trabalho em grupo especializados por temática, por exemplo.

PROPOSTA

Em linhas gerais, o uso HABITACIONAL configura o “CORE” do Subsetor urbano, adensando seu espaço central em composição com o uso misto de comércio e de serviços ao “rés do chão”. PARQUE E ÁREAS VERDES conformam as bordas da grande área, também de modo composto, desta vez com EQUIPAMENTOS PÚBLICOS, sobretudo os de caráter social. No centro, a matriz do ordenamento é a ortogonalidade; nas bordas, frente urbana e lugares públicos, a escritura é mais livre, marcada pela água até a passagem para o corredor urbanístico da Avenida Marquês de São Vicente, que é caracterizada por usos especiais. O Edifício Administrativo que receberá o CGMI, edifício singular, marca de maneira delicada a passagem da estruturação ortogonal para a faixa de área verde, borda livre ao um só tempo técnica e simbólica.

Implantação. Image Cortesia de Figueroa.ARQ
Implantação. Image Cortesia de Figueroa.ARQ
  • Colaboradores

    Caio Ferraz, Vitoria Paulino, Felipe Marchese, Rafael Cohen, Rafael Chung
  • Consultoria em legislação urbana e desenvolvimento imobiliário

    Eduardo Della Manna
  • Consultoria em sistemas e processos construtivos sustentáveis

    Fábio Villas Boas
  • Consultoria em desenho urbano

    Camila Simas
  • Consultoria em infraestrutura urbana

    Ivo Teixeira
  • Consultoria em geotécnica

    Marcos Campos
  • Consultoria em legislação urbana

    Paulo Lomar
  • Consultoria em estrutura

    Ricardo Dias
  • Consultoria para a passarela

    Catão Ribeiro

Ver a galeria completa

Cita: Romullo Baratto. "Segundo lugar no concurso Operação Urbana Consorciada Água Branca / Figueroa.ARQ" 01 Jun 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/767797/segundo-lugar-no-concurso-operacao-urbana-consorciada-agua-branca-figuerorq> ISSN 0719-8906