Ampliar imagem | Tamanho original
Nascido no então Protetorado do Marrocos, o arquiteto francês Christian de Portzamparc (5 de maio de 1944) teve dúvidas sobre continuar estudando arquitetura enquanto estava na faculdade, questionando os ideais modernistas e a falta de liberdade na profissão quando comparada à arte. Estudando na École Nationale des Beaux-Arts em Paris, as dúvidas de Portzamparc sobre continuar na arquitetura surgiram ao fim de seus estudos. Após concluir a faculdade em 1969, o arquiteto passou uma década trabalhando para compreender a natureza dos bairros, das cidades e da função social da arquitetura, questionando as ideias modernistas de planejamento urbano. Evitando comissões e trabalhando em parceria com sociólogos para compreender a arquitetura como uma peça de um todo, em vez de uma arte individual, ele criou uma abordagem idiossincrática à arquitetura e ao planejamento que lhe colocou imediatamente sob os holofotes em 1979, quando resolve trabalhar com projetos. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar